Detran MS alerta sobre golpe da CNH Social. Fique atento

Fique atento: Detran MS afirma que um golpe circula entre a população, afirmando que as inscrições para a CNH Social estão abertas. Confira!

O programa CNH Social em Mato Grosso do Sul, de responsabilidade do Detran MS, se tornou alvo de golpes. O alerta foi feito pelo próprio órgão estadual de trânsito nesta terça-feira, 15 de março. As informações falsas que têm circulado anunciam que as inscrições para participar da iniciativa já estão abertas. 

O Detran MS já divulgou informações sobre a CNH Social no estado, como o número de vagas, critérios para participar e como ele funcionará, mas o edital completo ainda não foi compartilhado oficialmente. 

Publicidade

Publicidade

As pessoas precisam ficar atentas e checar todas as informações. Nós estamos finalizando e realizando os últimos ajustes, mas o Programa CNH MS Social ainda não foi lançado,” ressalta a diretora de Educação para o Trânsito do Detran-MS, Elijane Coelho.

Como é o golpe da CNH Social MS?

Detran MS alerta sobre golpe da CNH Social.
Golpe do CNH Social afirma que inscrições para o programa estão abertas, mas de acordo com o Detran MS, isso não é verdade. (Imagem: Governo de Mato Grosso do Sul / Divulgação)

No golpe da CNH Social MS, os cidadãos se deparam com um anúncio assim: “Para participar, faça sua matrícula online e totalmente Gratuita! Livre para todas as categorias de CNH. ATENÇÃO: Últimos dias de matrícula”. Essa mensagem pode aparecer nas redes sociais, em aplicativos como o WhatsApp e Telegram ou pode ser recebida via SMS. 

Se a pessoa clicar no link deste anúncio, ela será direcionada para um site falso, que solicita informações como estado, cidade, nome e idade. De acordo com o Detran MS, ao clicar no link pelo computador, uma página em branco se abre. Quem fizer isso pelo celular vai reparar que a página falsa, que conta até mesmo com a assinatura do Governo Federal.

Quando a vítima preenche todos os dados solicitados, ela é orientada a enviar o anúncio para outras pessoas. Dessa forma, o golpe se espalha e faz mais estragos. 

Publicidade

Publicidade

Elijane Coelho, do órgão estadual de trânsito, faz um apelo para que a população não caia na fraude. 

O Detran-MS não vai sortear, não vai ligar, não vai oferecer o benefício por mensagens de WhatsApp ou SMS e por isso, as pessoas precisam estar atentas para não caírem em golpes. As inscrições serão realizadas pelo site do Detran e terá ampla divulgação quando liberado”, conclui. 

Cuidados para não cair em golpes como esse

Golpes como esse, alertados pelo Detran MS sobre a CNH Social, são chamados de phishing. Neles, o usuário é induzido a abrir um site falso, muito parecido com um endereço eletrônico já conhecido. Ao entrar na página fake, ele faz um cadastro ou informa dados para login/senha, que são roubados ou utilizados para criar outros perfis. 

A melhor forma de evitar de cair em golpes de phishing é por meio da desconfiança. Não acredite em promoções boas demais e nem em mensagens com links, por mais que elas tenham sido enviadas por uma pessoa próxima. 

Sempre pesquise na internet, em fontes credíveis, antes de confiar nas mensagens e links enviados. 

Entenda como funcionará a CNH MS Social

A CNH Social MS deve atender cerca de cinco mil cidadãos de Mato Grosso do Sul por ano. O programa prioriza quem não têm condições financeiras para pagar todos os processos e taxas de emissão da carteira de motorista, que estão estimados em R$ 2800,00.

A partir dele, é possível emitir habilitação nas categorias A, B ou AB, adição de categoria A ou B e mudança para as categorias C, D ou E

Publicidade

Publicidade

O objetivo da medida é incentivar o exercício das atividades econômicas, a livre iniciativa, a profissionalização, a capacitação e a inclusão social e produtiva no mercado de trabalho. 

Os critérios para participar são:

  • Estar em situação de vulnerabilidade social;
  • Ter inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal;
  • Possuir renda per capita de até meio salário mínimo ou renda total mensal de até 2 salários mínimos;
  • Residir em Mato Grosso do Sul há, no mínimo, dois anos. 

Cinco por cento das vagas da CNH Social MS serão destinadas a Pessoas com Deficiência (PcD). A Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) será responsável por verificar a situação de vulnerabilidade social dos beneficiários.

Algumas pessoas não vão ter direito a participar do programa:

  • Quem tiver cometido crimes na condução de veículo, com sentença penal condenatória transitada em julgado;
  • Quem teve a CNH ou a Permissão para Dirigir cassada, ou que deseje transferir processo de habilitação iniciado em outra unidade da federação. 

Publicidade

Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário