Enem 2020: notas do exame são divulgadas hoje – 29/3! Tire dúvidas!

As notas do Enem 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio) serão divulgadas hoje, 29/3. A previsão é de liberação às 18h para todas as versões do exame (impresso, digital, reaplicação e PPL).

De acordo com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), que é o órgão responsável pela prova, hoje também sai o número de alunos que alcançaram nota mil na redação, que é a pontuação máxima, bem como quantos tiraram zero e demais estatísticas da edição 2020 do Enem.

Veja, aqui, tudo o que você precisa saber sobre a divulgação do resultado Enem 2020 e tire suas principais dúvidas!

aplicativo enem

Onde verificar o resultado Enem 2020?

O resultado é divulgado por meio de boletim de desempenho individual, disponível na Página do Participante do Enem. Veja um passo a passo para acessá-lo:

  1. Acesse a Página do Participante do Enem;
  2. Clique em “Página do Participante – entrar com gov.br”;
  3. Informe seu CPF e clique em “avançar”;
  4. Digite sua senha e clique em “entrar”;
  5. Selecione “boletim de desempenho individual” para verificar sua pontuação.

O que fazer se esquecer a senha Enem 2020?

Caso não se lembre mais da senha de acesso do Enem 2020 existe a possibilidade de criar uma nova. Confira um passo a passo para isso:

  1. Acesse a Página do Participante do Enem;
  2. Clique em “Página do Participante – entrar com gov.br”;
  3. Digite seu CPF e clique em “avançar”;
  4. Selecione “esqueci minha senha”.

A plataforma pede uma verificação de autenticidade simples e disponibiliza duas formas de recuperação da senha, por e-mail ou celular. Selecione a de seu interesse. Um código será encaminhado para seu e-mail ou celular, utilize-o para recadastrar sua senha na Página do Participante.

Como a nota Enem 2020 é composta?

Curiosamente, a nota do Enem 2020 não é composta pela soma dos acertos do participante. O exame usa a TRI (Teoria de Resposta ao Item), que é um método de correção das provas objetivas (matemática, ciências da natureza, humanas e linguagens).

Para correção, o Inep atribui pesos diferentes para as questões objetivas, estabelecidos de acordo com os acertos de todos os participantes do Enem. Mas, os candidatos não sabem antecipadamente qual é o peso dessas questões.

Isso quer dizer que questões mais fáceis, que muitos participantes acertam, têm pesos diferentes das perguntas mais difíceis. Além disso, a TRI também leva em consideração o fator da coerência.

Se o participante acerta questões mais difíceis, entende-se que ele é capaz de acertar as mais fáceis. Quando isso não ocorre, o sistema de correção entende que o acerto de uma questão difícil foi um chute e o candidato pontua menos do que outros que acertaram questões difíceis e mais fáceis.

Como a nota da redação do Enem 2020 é definida?

A edição 2020 do Enem trouxe três temas de redação para cada versão de prova. Nos dias do exame, os participantes tiveram de escrever sobre:

  • “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”;
  • “O desafio de reduzir as desigualdades entre as regiões do Brasil”;
  • “Falta de empatia nas relações sociais no Brasil”.

A redação do Enem tem um método específico de correção. Todo participante pode ter nota de zero a mil, sendo zero a mínima e mil a máxima. Cada redação é avaliada por pelo menos dois corretores.

Se houver uma discrepância muito grande de notas entre esses dois corretores, um terceiro corrige a redação novamente. Nessas correções, o profissional avalia cinco competências e cada uma vale 200 pontos, que são somados para estabelecer a nota final. O participante é avaliado nos quesitos:

  • Escrita de acordo com a norma culta da língua portuguesa e regras gramaticais, com fluidez e bom vocabulário;
  • Abordagem do tema corretamente, com articulação de argumentos sobre o assunto;
  • Qualidade dos argumentos e como as partes do texto se conectam para criar um todo que faça sentido;
  • Proposta de intervenção do participante, ou seja, o que sugere para solucionar o problema apresentado pelo tema da redação, sempre com respeito aos direitos humanos.

O que fazer com a nota do Enem 2020?

O participante do Enem 2020 pode utilizar suas notas para inscrição em programas estudantis do governo federal ou de universidades particulares.

Um deles é o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que possibilita que o participante do Enem use suas notas para tentar uma vaga numa universidade pública, sem passar pelo vestibular. As inscrições do Sisu 2021 vão de 6 a 9 de abril.

Mas, também existe a possibilidade de utilizar a pontuação no Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), Prouni (Programa Universidade para Todos) e ingresso em universidades portuguesas.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Deixe seu comentário