Falha no sistema do INSS pode ter prejudicado milhares que tiveram auxílio-doença negado

Confira aqui a notícia sobre uma falha no sistema do INSS que pode ter prejudicado milhares ao pegar o auxílio-doença;

Uma falha no sistema do INSS pode ter prejudicado milhares de pessoas que solicitaram o auxílio-doença ao instituto durante o período de pandemia. O problema está relacionado a uma dificuldade na integração de dados entre dois sistemas usados pelo INSS.

Falha no sistema do INSS: em que se baseia a denúncia dos peritos?

A informação da falha no sistema do INSS veio à tona a partir da denúncia de peritos que observaram que alguns segurados que teriam direito ao benefício tiveram seus pedidos indeferidos.

Publicidade

Publicidade

Falha no sistema do INSS em que se baseia a denúncia dos peritos
Fonte/Reprodução: original

Francisco Cardoso, vice-presidente da Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP), ouvido pelo portal IG Economia, disse que, devido ao problema, cerca de um quarto dos auxílios que deveriam ter sido concedidos estão sendo bloqueados.

A ANMP, na última quarta-feira, 12, enviou para o Ministério do Trabalho e Previdência um ofício para relatar o problema. O INSS disse que a falha foi algo pontual e que, quando foi observada, entre os dias 8 e 9 de janeiro, medidas foram tomadas e mais de seis mil pedidos foram reprocessados.

Quais foram as falhas apresentadas pelo sistema do INSS?

O problema foi causado por uma dificuldade do sistema do INSS em integrar dados do Sistema de Administração de Benefícios por Incapacidade (Sabi) e do Cadastro Nacional de Informações Sociais (Cnis).

Publicidade

Publicidade

O Sabi é o sistema usado pelo INSS para gerenciar as perícias e os benefícios por incapacidade. Já o Cnis, é um registro onde estão informações sobre vínculos empregatícios do trabalhador, suas contribuições e, se for o caso, afastamentos do trabalho.

A falha na sincronização dos dados entre os dois sistemas fez com que até segurados que já haviam recebido a aprovação dos médicos peritos tivessem seus benefícios negados.

Como contestar seu benefício negado com suspeita da falha

Para quem teve o pedido de auxílio-doença indeferido mesmo tendo sido comprovada, através de perícia médica, a incapacidade de exercer seu ofício profissional, é importante contestar o resultado junto ao INSS.

Para fazer isso, o segurado deve ligar para o número de atendimento do instituto, o 135, e solicitar que o pedido seja “reaberto para acerto pós-perícia”. Serão solicitados alguns documentos que devem ser enviados. Outra maneira de fazer isso é acessando o meio virtual do instituto, o portal Meu INSS.

O processo de reavaliação não é rápido e pode durar de três a seis meses para ser apreciado. Em caso de novo indeferimento, é possível acionar a Justiça.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário