Inscrição do Enem 2021 vai até o dia 14 de julho: saiba como fazer a sua

enem 2021

A inscrição Enem 2021 (Exame Nacional do Ensino Médio) começa nesta quarta-feira, dia 30 de junho, e vai até 14 de julho. Ainda não sabe como fazê-la? Aqui, esclarecemos essa dúvida de uma vez por todas. Confira!

enem 2021

Como fazer inscrição Enem 2021

A inscrição para o Enem 2021 é feita exclusivamente online, na Página do Participante. Os candidatos devem realizá-la de 30 de junho a 14 de julho. A seguir, apresentamos um passo a passo para inscrição:

Publicidade

Publicidade

  1. Acesse a Página do Participante Enem;
  2. Clique em “Página do Participante – entrar com gov.br”;
  3. Informe seu CPF e clique em “avançar”, caso já tenha conta gov.br. Se não tiver, clique em “crie sua conta gov.br” e faça a sua;
  4. Digite sua senha e clique em “entrar”;
  5. Acesse “inscrição”;
  6. Preencha o formulário de inscrição, mencionando dados pessoais;
  7. Selecione que tipo de Enem deseja realizar, se digital ou impresso;
  8. Indique em qual unidade da Federação e município deseja realizar as provas;
  9. Selecione o idioma (inglês ou espanhol) em que realizará a prova de língua estrangeira;
  10. Responda o questionário socioeconômico;
  11. Anexe uma foto pessoal atual, nítida, individual, colorida, com fundo branco, sem uso de óculos, boné, chapéu, viseira, gorro ou similares;
  12. Finalize a inscrição e gere a guia de cobrança para pagamento, caso não seja isento.

Pagamento da taxa de inscrição

A taxa de inscrição no Enem 2021 é de R$ 85,00 e deve ser paga por meio de GRU (Guia de Recolhimento da União) gerada no final da inscrição. A data máxima de pagamento é dia 19 de julho e é muito importante segui-la.

Quem não paga a taxa de inscrição até o prazo indicado no edital não poderá participar das provas, portanto, programe-se para quitar a taxa assim que possível, evitando possíveis contratempos.

A guia de recolhimento poderá ser paga em qualquer banco, seja por aplicativo, internet banking ou pessoalmente, bem como em casas lotéricas e agências dos Correios. Se optar pelo pagamento presencial, deverá imprimir o boleto.

Publicidade

Publicidade

Vale lembrar que esse procedimento de pagamento é válido somente para candidatos que não obtiveram a isenção Enem 2021, cujo resultado final foi divulgado recentemente e pode ser acessado na Página do Participante do Enem.

Calendário atualizado do Enem 2021

  • Inscrições: de 30 de junho a 14 de julho;
  • Pagamento da taxa de inscrição: até 19 de julho;
  • Solicitação de atendimento especializado: de 30 de junho a 14 de julho;
  • Resultado do atendimento especializado: 23 de julho;
  • Recurso do atendimento especializado: de 26 a 30 de julho;
  • Resultado do recurso do atendimento especializado: 4 de agosto;
  • Solicitação de tratamento pelo nome social: de 19 a 23 de julho;
  • Resultado de tratamento pelo nome social: 30 de julho;
  • Recurso do pedido de tratamento pelo nome social: de 2 a 6 de agosto;
  • Resultado do recurso de tratamento pelo nome social: 11 de agosto;
  • Aplicação das provas: 21 e 28 de novembro.

A abertura dos portões ocorrerá às 12h e o fechamento às 13h. A prova está programada para iniciar às 13h30, com término às 19h no primeiro dia e às 18h30 no segundo.

No primeiro dia de Enem, os candidatos farão provas de linguagens, ciências humanas e a redação, cujo tema será divulgado no dia. As provas objetivas terão 45 questões cada.

Já no segundo dia os candidatos farão provas de matemática e ciências da natureza, ambas objetivas e também com 45 questões cada.

Aplicação do Enem na pandemia

De acordo com o edital do Enem 2021, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão responsável pela realização das provas, adotará medidas de especiais para aplicação das provas.

Entre elas, destaque para o uso obrigatório de máscara de proteção facial, higienização das mãos com álcool em gel e distanciamento social. Sobre a máscara, recomenda-se que o candidato leve uma reserva para troca durante a aplicação da prova.

Publicidade

Publicidade

A máscara não poderá ser tirada, a não ser que seja solicitado pelo fiscal da prova, para identificação do candidato. Caso seja pessoa com transtorno de espectro autista, deficiência intelectual, sensorial ou qualquer outra que impeça o uso da máscara, não precisará utilizá-la, desde que comprove essa condição.

Flavio CarvalhoGestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
Veja mais ›
Fechar