Nubank agora permite compra e venda de criptomoedas, mas é preciso cuidado

Nubank agora permite compra e venda de criptomoedas, mas é preciso cuidado (Imagem: Reprodução/Pexels)
Nubank agora permite compra e venda de criptomoedas, mas é preciso cuidado (Imagem: Reprodução/Pexels)

O Nubank, uma das principais fintechs do Brasil, está agora permitindo a compra de venda de criptomoedas, como o Bitcoin e Ether, diretamente através do aplicativo. Isso marca a entrada definitiva do banco no mercado de criptos, mas vem gerando algumas preocupações nos investidores.

A seguir, você descobre mais detalhes sobre a negociação de criptomoedas no Nubank e entende por que no fim das contas pode não valer tanto a pena assim comprar pelo app.

Publicidade

Publicidade

Como funciona a compra de criptomoedas pelo app do Nubank?

O Nubank trouxe com esta novidade mais praticidade pra quem deseja dar os primeiros passos no mercado de criptomoedas, permitindo que clientes façam investimentos a partir de R$ 1,00 e garantam assim frações de moedas como Bitcoin e Ether, as duas disponíveis para compra no momento.

Isso se tornou realidade graças a uma recente parceria entre o Nubank e a Paxos, exchange especializada em criptomoedas. Todo o processo é feito diretamente pelo app do Nubank e dispensa o uso de carteiras externas, muitas vezes necessárias para a compra e venda de criptos.

Por que eu deveria ter cuidado com essa novidade?

Nubank agora permite compra e venda de criptomoedas, mas é preciso cuidado (Imagem: Reprodução/Pexels)
Nubank agora permite compra e venda de criptomoedas, mas é preciso cuidado (Imagem: Reprodução/Pexels)

É muito simples: uma das premissas das criptomoedas é a descentralização, já que elas funcionam através de uma tecnologia chamada “blockchain” que permite que os proprietários das criptos movimentem suas moedas, façam transações, contratem serviços etc. sem a necessidade de um intermediário (nesse caso, de um banco).

Publicidade

Publicidade

Em outras palavras, a ideia principal das criptomoedas descentralizadas é dispensar a necessidade de um banco ou de um governo por trás da regularização. O proprietário da criptomoeda tem a posse garantida da moeda e é livre para fazer o que quiser com ela, sem depender de ninguém.

Além disso, é preciso ter em mente que o mercado de criptomoedas é volátil e instável, não combinando muito com perfis de investidor mais moderados e conservadores. Nos últimos meses, o próprio Bitcoin teve uma queda brusca, passando de R$ 374.718,48 em 8 de novembro de 2021 para R$ 104.704,08 nesta quarta-feira, 29 de junho de 2022.

A ideia de comprar e vender criptomoedas através de um banco é problemática não apenas por essas questões, mas também por levantar a seguinte dúvida: as criptomoedas compradas através do Nubank são realmente do investidor?

As criptomoedas compradas pelo Nubank são realmente minhas?

Depende do ponto de vista. Quando as criptomoedas são compradas através de corretoras especializadas em criptoativos, o investidor se torna proprietário da moeda (ou de fração dela) e pode transferi-la livremente para outras carteiras, até mesmo para carteiras físicas, que funcionam sem nenhum tipo de conexão com a internet e, por isso, ficam livres de possíveis ataques hackers.

Porém, nesse caso do Nubank, você não poderá transferir a moeda para outras carteiras. Ou seja, elas ficarão disponíveis apenas no Nubank, daí o questionamento de muitos investidores em relação à posse da moeda. Na prática, é como se o Nubank estivesse comprando a criptomoeda em seu nome e te entregando uma espécie de certificado digital de posse da moeda, e essa relação só funciona caso você tenha confiança na fintech.

Pra quem está começando neste mercado de criptos e quer apenas diversificar os investimentos, sem se importar muito com esse detalhe da posse, essa novidade é realmente interessante, pois permitirá a compra e venda de Bitcoin e Ether (e possivelmente de outras no futuro) de uma forma muito mais descomplicada. Porém, investidores mais experientes em criptomoedas podem ficar um pouco relutantes em entrar de cabeça nessa novidade do Nubank.

Publicidade

Publicidade

CLIQUE AQUI PRA VER AS ÚLTIMAS NOVIDADES RELACIONADAS AO NUBANK

Alexandre PeresEditor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação, revisão e editoração de textos para Web.
Veja mais ›
Fechar