O que é CET e para que ele serve?

O que é CET e para que ele serve?
Entenda o que é o Custo Total Efetivo, como o CET é calculado em serviços financeiros, quem deve informar o CET e mais! (Imagem: Pexels/Divulgação)

Na hora de contratar um financiamento, empréstimo ou outro serviço financeiro, o cliente deve se atentar ao CET, que é o Custo Total Efetivo, cobrado na prestação de serviço.

O CET corresponde à somatória de todos os valores envolvidos em uma determinada operação.

Publicidade

Publicidade

A seguir, você fica sabendo o que é CET, para que serve, como calcular o CET, quais instituições financeiras oferecem financiamento e mais. Confira!

O que é CET?

O CET nada mais é do que o Custo Efetivo Total, que se refere ao valor total cobrado pela prestação de um serviço. Esse termo é comumente utilizado na hora de o cidadão solicitar a contratação de um empréstimo ou de um financiamento.

De modo geral, o CET representa o conjunto de valores que são somados ao valor que é emprestado ou financiado. Isso quer dizer que compõem o Custo Efetivo Total encargos, tributos, taxas e despesas do serviço que é prestado.

Publicidade

Publicidade

Em linhas gerais, o CET é o valor que o cliente deve pagar ao todo.

Para que serve o CET?

Um dos itens mais importantes do contrato de um serviço financeira é o CET. Isso porque ele representa todo o valor a ser cobrado ao cliente e, com ele, é possível esclarecer todo o custo que a operação em questão deve envolver.

Até porque são com os custos aparentemente menores, como certas tarifas, que o valor total da operação fica bastante encarecido.

Nesse sentido, é de grande importância observar o CET na hora de contratar um empréstimo ou mesmo na hora de fazer um financiamento, seja um financiamento imobiliário, estudantil ou financiamento de veículo.

Como é feito o cálculo do CET?

Como comentamos anteriormente, o CET corresponde à soma de todas as despesas por trás da contratação de um serviço. Nesse sentido, na hora de calcular o CET, são levados em consideração:

  • Taxas de juros
  • Taxas de análise de crédito
  • TC – Tarifa de Cadastro
  • Taxas administrativas em geral
  • Seguros em geral
  • Tarifas em geral
  • Tributos em geral IOF (Imposto sobre Operação Financeira)

No cálculo do CET, nenhum custo deve ser excluído. Mais do que saber quais são esses custos adicionais, é importante saber para que eles servem.

Publicidade

Publicidade

Além disso, é importante saber que o Custo Efetivo Total é apresentado como um percentual (%) anual.

Quem deve informar o CET?

O responsável por informar o CET não é o cliente, mas a própria instituição financeira ou sociedade de arrendamento mercantil. Existem organizações que ocultam o valor do CET, mas o certo que é o valor do Custo Total Efetivo deve ser informado ao cliente antes mesmo de ele contratar o serviço. No caso, esse valor deve constar no contrato a ser assinado pelo cliente.

Se o CET for informado com antecedência, o cliente tem a possibilidade de fazer a comparação entre diferentes ofertas, feitas por instituições diferentes, e fazer a escolha que for mais conveniente para seu próprio bolso.

Isso se deve ao fato de que cada empresa tem sua política. Logo, os valores variam de uma instituição para outra. Em geral, é o CET que cria uma competição entre as empresas.

Publicidade

Afinal, o ideal é fazer a contratação de uma operação sabendo de todos os custos envolvidos. O cliente também pode solicitar que o CET seja informado em qualquer outro momento. Em geral, o cliente deve solicitar o serviço e se atentar ao CET com antecipação.

Publicidade

Quais instituições financeiras oferecem serviço de financiamento?

Diversas instituições financeira oferecem o serviço de financiamento.

  • Bradesco
  • Itaú
  • Santander
  • Banco do Brasil
  • Caixa Econômica Federal

Para saber qual a melhor opção de CET, o cliente deve pedir o orçamento do serviço com o mesmo valor de financiamento e prazo para quitação. A partir disso, é possível saber a melhor opção.

Veja também: Auxílio Brasil: último pagamento de julho acontece nesta sexta (29); quando volta o benefício?

Elouise LopesRedatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais.
Veja mais ›
Fechar