PicPay agora permite ver se o nome está sujo diretamente pelo app; veja como fazer

PicPay agora permite ver se o nome está sujo diretamente pelo app; veja como fazer
Veja como descobrir se está com o nome suja por meio do aplicativo do PicPay. Foto: Brenda Rocha/Shutterstock

O aplicativo do PicPay agora conta com uma ferramenta que permite que o usuário consulte seu CPF gratuitamente para saber se está com o nome sujo.

A nova função, que vem sendo liberada aos poucos para grupos específicos de clientes do PicPay, é chamada de Consulta de CPF e verifica débitos registrados no banco de dados do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SPFC) a partir de uma parceria com a Boa Vista.

Publicidade

Publicidade

Além de checar se está com o nome sujo, o usuário também pode receber um alerta pelo celular se houver alguma análise ou pendência sobre o seu CPF.

Como saber se estou com o nome sujo pelo PicPay?

PicPay agora permite ver se o nome está sujo diretamente pelo app; veja como fazer
Veja como descobrir se está com o nome suja por meio do aplicativo do PicPay. Foto: Brenda Rocha/Shutterstock

Para utilizar a nova ferramenta de Consulta de CPF da empresa, é necessário ter o aplicativo instalado em seu celular e uma conta validada no PicPay.

No caso das pessoas que já são clientes PicPay e têm o aplicativo em seu celular, o passo a passo para a consulta é o seguinte:

Publicidade

Publicidade

  1. Abra o aplicativo e selecione “Carteira“;
  2. Na sequência, role a tela e toque na opção “Consultar CPF“;
  3. Em seguida, selecione “Quero verificar meu CPF”;
  4. Por fim, basta informar o seu CPF e aceitar os termos de uso para fazer a consulta.

Após isso, o sistema do PicPay irá mostrar na tela se há pendências em seu nome. Se houver, a função também informa as instituições e os valores relacionados.

Enquanto isso, se não houver nenhuma pendência, o usuário verá a mensagem “Está tudo certo com seu CPF”.

O que fazer se estiver negativado?

Caso o usuário descubra que está inadimplente após a consulta pelo aplicativo do PicPay, é importante procurar a empresa em questão para negociar o débito.

Nesse caso, se a dívida for maior do que o valor que você pode pagar, uma alternativa é parcelar o débito. Isso porque assim que o consumidor quita a primeira parcela da dívida, a empresa deve avisar os órgãos de proteção ao crédito para retirar seu nome da lista de negativados em até cinco dias úteis.

Outra dica valiosa para esse tipo de situação é aproveitar os feirões de negociação de dívidas, como o Serasa Limpa Nome. Afinal, este tipo de evento oferece descontos de até 99% no valor da dívida.

Veja também: 3 dicas para renegociação de dívidas que você precisa levar em consideração

Felipe MatozoJornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
Veja mais ›
Fechar