Qual o salário de um Diplomata? Valores e vantagens de trabalhar com isso

Felipe Matozo

17/11/2023

O cargo de diplomata desperta curiosidade por oferecer a oportunidade de representar o país no exterior, negociar acordos internacionais e contribuir para a política externa – além de um alto salário, é claro.

A remuneração é um fator atraente para muitos, e aqui nós destacamos os valores salariais e as vantagens de trabalhar como diplomata.

Salário de um Diplomata

Qual o salário de um Diplomata_ Valores e vantagens de trabalhar com isso

Salário inicial de um Diplomata era de R$ 20 mil em edital de concurso de junho de 2023.

No edital para concurso mais recente publicado pelo governo federal, em junho de 2023, o salário inicial para um diplomata no Brasil era de R$ 20,9 mil, no cargo de terceiro-secretário.

Mas ao longo da carreira, os diplomatas podem ser promovidos a cargos como segundo-secretário, primeiro-secretário, conselheiro, ministro de segunda classe e embaixador/ministro de primeira classe. Em 2019, o salário mais alto atingiu R$ 27.369,67.

O que faz um diplomata

O diplomata desempenha diversas funções importantes. Entre elas, estão:

  • representar o país no exterior
  • negociar acordos internacionais
  • promover relações culturais e econômicas
  • melhorar a imagem do Brasil no exterior
  • oferecer apoio a brasileiros no exterior
  • contribuir para a política externa
  • obter informações relevantes
  • assinar contratos e tratados representando o país.

Requisitos para se tornar um diplomata

Para se tornar um diplomata, é necessário possuir formação em curso superior reconhecido pelo MEC, não sendo exigido um curso específico.

Além disso, é recomendado obter pós-graduação em áreas relacionadas às relações internacionais. É importante ter proficiência em pelo menos dois idiomas estrangeiros, pois a comunicação é essencial nessa carreira.

É necessário passar pelo processo de seleção de concurso de admissão, que inclui testes escritos e orais. Além disso, é preciso ter idade mínima de 18 anos e ser brasileiro(a) nato(a).

O que estudar para ser diplomata

Para se preparar para o concurso de admissão para diplomata, é recomendado estudar disciplinas como história, política internacional, direito internacional, economia, geografia e línguas estrangeiras.

Além disso, é importante ter um conhecimento abrangente sobre o Brasil e sua política externa. A participação em cursos preparatórios específicos também pode ser útil.

Qual a concorrência de um concurso para diplomata

O concurso para diplomata é conhecido pela alta concorrência, já que o número de candidatos inscritos em cada edição pode chegar a milhares. No concurso lançado em junho de 2023, eram apenas 50 vagas.

No entanto, aqueles que possuem um bom nível de preparação e dedicação têm maiores chances de serem aprovados.

A seleção é rigorosa e busca identificar os candidatos mais qualificados para ocupar o cargo de diplomata. Afinal, ser diplomata implica em responsabilidades importantes, como representar o país no exterior, negociar acordos internacionais e contribuir para a política externa.

Apesar da alta concorrência dos concursos, a oportunidade de atuar como diplomata oferece vantagens como a possibilidade de ganhar experiência internacional e contribuir para as relações entre o Brasil e outros países.

Você também pode gostar de ler
Quanto ganha um Juiz Criminal? Valores e vantagens dessa profissão

Felipe Matozo
Escrito por

Felipe Matozo

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.