Quem está no Cadastro Único recebe Auxílio Brasil?

Elouise Lopes

02/08/2022

O Auxílio Brasil é um dos programas sociais mais importantes do governo brasileiro. Um dos critérios para receber o benefício é estar inscrito no Cadastro Único.

A respeito da inscrição no sistema do CadÚnico, é comum que surjam diversas dúvidas.

A seguir, você fica sabendo se quem está no Cadastro Único recebe Auxílio Brasil, quais as condições para se inscrever no CadÚnico, como solicitar inscrição e mais. Confira!

Quem está no Cadastro Único recebe Auxílio Brasil?

Um dos requisitos para receber o Auxílio Brasil é estar inscrito no Cadastro Único. No entanto, os cidadãos brasileiros devem observar que estar inscrito no CadÚnico não significa ter direito sobre o benefício social que substitui o antigo Bolsa Família, necessariamente. Afinal de contas, existem outras condições para participar do programa social.

De modo geral, o Cadastro Único é o sistema que permite ao Governo identificar e categorizar as famílias de baixa renda, que se encontram em situação de vulnerabilidade social. A partir da inscrição das famílias no CadÚnico, é possível definir a distribuição dos diferentes benefícios sociais, levando em consideração os critérios de cada um.

Além de ter inscrição no CadÚnico e manter a atualização cadastral, outros critérios para receber o Auxílio Brasil são:

  • Possuir renda familiar per capita inferior a R$ 105
  • Ter renda familiar per capita entre R$ 105,01 e R$ 200

Quais as condições para se inscrever no CadÚnico?

Para que uma família possa estar inscrita no Cadastro Único, é necessário que ela se enquadre em determinadas condições. As famílias que podem se inscrever no CadÚnico são aquelas que:

  • Possuem renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo;
  • Possuem renda mensal familiar total de até três salários;
  • Possuem renda acima dessas, mas que estejam vinculadas ou pleiteando algum programa ou benefício que utilize o Cadastro Único em suas concessões.

Como solicitar inscrição?

Caso a família se enquadre em uma das situações mencionadas anteriormente, ela tem direito a solicitar a inscrição no sistema do Cadastro Único. Para isso, é preciso eleger um representante familiar, que deve ser maior de 16 anos e preferencialmente do sexo feminino, e este deverá ir até uma unidade do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

O representante familiar deverá ter em mãos um documento de identificação de cada integrante da família, que pode ser:

  • Certidão de Nascimento
  • Certidão de Casamento
  • CPF
  • RG
  • Carteira de Trabalho
  • Título de Eleitor

Além de portar um desses documentos de cada membro da família, o membro escolhido como representante da família deve ter em mãos também o próprio RG ou CPF. Caso algum integrante não possua qualquer um dos documentos listados, é possível solicitar a emissão da Certidão de Nascimento, que é um direito de todo cidadão brasileiro possuir.

Tendo todos esses documentos, o representante da família irá participar de uma entrevista para que a inscrição no CadÚnico seja feita. Depois disso, a família já deverá ter um código familiar.

Com esse código, será possível consultar no site ou aplicativo do Cadastro Único o processo de inscrição da família no sistema.

Quais benefícios se baseiam no Cadastro Único, além do Auxílio Brasil?

Além do Auxílio Brasil, que é um dos programas sociais mais importantes do governo brasileiro, existem muitos outros benefícios que se baseiam no CadÚnico. A seguir, confira alguns deles.

  • Ação de Distribuição de Alimentos (ADA)
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC)
  • Carteira do Idoso
  • Concessão de bolsas por entidades com Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social com atuação na área da educação (CEBAS-Educação)
  • Créditos Instalação do Programa Nacional de Reforma Agrária
  • Facultativo de Baixa Renda
  • Identidade Jovem (ID Jovem)
  • Isenção de taxas de inscrição em concursos públicos
  • Isenções na taxa de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)
  • Plano Progredir – Programa Nacional do Microcrédito Produtivo Orientado
  • Programa Bolsa Família
  • Programa Cisternas – Programa Nacional de Apoio à Captação de Água de Chuva e Outras Tecnologias Sociais de Acesso à Água
  • Programa Criança Feliz
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil
  • Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
  • Programa Minha Casa Minha Vida / Casa Verde Amarela
  • Programa Nacional de Crédito Fundiário
  • Programa Nacional de Reforma Agrária
  • Sistema de Seleção Unificada – Sisu/Lei de cotas
  • Tarifa Social de Energia Elétrica
  • Telefone Popular – Acesso Individual Classe Especial
  • Programa de Urbanização de Assentamento Precários
  • Projeto Dom Hélder Câmara
  • Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES)
  • Serviços Socioassistenciais

Veja também: Como saber o Código Familiar do Cadastro Único? Veja como consultar

Elouise Lopes
Escrito por

Elouise Lopes

Redatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR.

0

Aguarde, procurando sua resposta