Saiba se prescreve ou não dívida em cartão de crédito!

Saiba se a dívida do cartão de crédito prescreve ou não.

Há mais de 60 milhões de brasileiros com o nome sujo, e muitas vezes isso se dá pelo uso indevido do cartão de crédito.

Claro, ninguém fica com o nome negativado de propósito, mas é importante aprender a ter um bom controle financeiro para que as contas não fujam do seu controle.

Publicidade

Publicidade

Quando a dívida do cartão de crédito suja o nome?

O prazo para que o pagamento seja realizado, evitando o nome sujo, varia de empresa para empresa. Antes de entrar na lista de proteção ao crédito, a empresa busca negociar diretamente com o cliente.

Saiba se prescreve ou não dívida em cartão de crédito!
Fonte/Reprodução: original

Se o seu nome, mesmo com as várias opções de negociação, acabou sujo, existem duas opções: quitar a dívida ou esperar a prescrição dela.

Quanto tempo leva para parar a cobrança da dívida?

Quando uma dívida prescreve, após cinco anos, o seu nome deve ser retirado das listas de proteção ao crédito das empresas a quem você deve.

Publicidade

Publicidade

Para que a dívida prescreva é necessário que você não possua outras dívidas ativas, ou seu CPF (Cadastro de Pessoa Física) continuará sujo, e mesmo assim a empresa credora pode continuar lhe cobrando!

Caso você deseje continuar fazendo negócios com uma empresa específica para a qual está devendo, é importante regularizar a sua situação o mais rápido possível.

A dívida deixa de existir após prescrever?

Apesar de ter o nome retirado da lista de proteção ao crédito da empresa, e até mesmo do Serasa, a dívida continua a existir e fica nos dados da empresa e você pode não ser aprovado quando solicitar crédito.

Nesses casos, é possível solicitar um empréstimo para quitar a dívida ou vendê-la a uma empresa especialista em recuperação de crédito.

Como é feita a cobrança judicial do cartão de crédito?

Após várias tentativas amigáveis de negociar com o cliente, a empresa pode realizar a cobrança por meio de um processo na Justiça.

O credor abrirá um processo para que o devedor seja notificado judicialmente e seja obrigado, dentro da lei, a pagar a sua dívida. Esta alternativa é feita em último caso, quando o credor já utilizou de outros canais (WhatsApp, email, telefone, e até mesmo correspondência tradicional) e o devedor se recusou a pagar.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário