5 coisas que você precisa saber sobre o Auxílio Brasil de R$ 600

5 coisas que você precisa saber sobre o Auxílio Brasil de R$ 600

Na última sexta-feira (24), o presidente  Jair Bolsonaro afirmou que vai aumentar o valor do Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600. Porém, o presidente não deu detalhes de como esse aumento irá funcionar.

Para que o aumento se torne uma realidade, é necessário que a proposta passe pelos devidos trâmites.

Publicidade

Publicidade

A seguir, você fica sabendo de 5 coisas a respeito do Auxílio Brasil de R$ 600. Confira!

1. O valor do Auxílio Brasil vai mesmo aumentar para R$ 600?

5 coisas que você precisa saber sobre o Auxílio Brasil de R$ 600
Bolsonaro propõe que Auxílio Brasil passe a ser pago no valor de R$ 600. Fique sabendo os detalhes: como o aumento irá acontecer e mais! (Imagem: Reprodução/Internet)

O governo combinou com o Congresso que haveria uma inclusão de aumento do Auxílio Brasil à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos combustíveis até o fim do ano. A partir do momento em que este aumento for incluído à proposta, o Auxílio Brasil passará de R$ 400 para R$ 600.

No entanto, o presidente Jair Bolsonaro não explicou que, para se tornar realidade, um eventual reforço do benefício ainda precisará de aprovação no Legislativo. Afinal de contas, é necessário que qualquer medida passe pelos devidos trâmites para começar a valer.

Publicidade

Publicidade

É por esse motivo, inclusive, que o empréstimo consignado do Auxílio Brasil ainda não foi liberado para os beneficiários do programa social.

Bolsonaro propõe que o pacote inclua Auxílio Caminhoneiro de R$ 1 mil mensais, além de incluir também aumento no Vale-Gás para famílias de baixa renda. Atualmente, o valor pago à população é de R$ 53, por bimestre.

2. Quem terá direito ao Auxílio Brasil de R$ 600?

Todos aqueles que já recebem o Auxílio Brasil terão acesso ao valor de R$ 600, caso ele seja aprovado. O aumento temporário de R$ 200 deverá ser pago até o mês de dezembro, pois se trata de um aumento temporário do benefício, que atualmente se encontra com o piso permanente de R$ 400.

O benefício também irá contemplar aqueles que estão na fila de espera e forem aprovados na folha de pagamento ao longo do período em que o aumento estiver valendo.

Para manter o direito sobre o benefício, as famílias devem:

  • Caso a família beneficiada tenha uma ou mais gestantes, realizar o pré-natal;
  • Cumprir com o calendário nacional de vacinação e ao acompanhamento do estado nutricional de todas as crianças e adolescentes do núcleo familiar;
  • Respeitar a frequência escolar mínima.

3. Como será feito o aumento de R$ 600?

O plano em análise considera o uso de R$ 29,6 bilhões previstos na PEC, que até o momento teriam como destino a compensação de Estados que zerassem o ICMS sobre diesel e gás até dezembro deste ano, conforme proposto pelo Bolsonaro.

Publicidade

Publicidade

Desse modo, o valor ficaria fora do teto de gastos, âncora fiscal que limita o crescimento das despesas públicas à inflação registrada no ano anterior.

Os especialistas que estão encarregados de avaliar a proposta também devem levar em consideração a legislação eleitoral que proíbe a distribuição gratuita de bens ou benefícios pela administração pública em ano eleitoral.

4. Como participar do Auxílio Brasil?

Como já comentamos em outras matérias, não é possível se cadastrar no Auxílio Brasil através da internet. É necessário que um representante familiar compareça à unidade do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência para pedir que a família seja inscrita no Cadastro Único ou CadÚnico, como é mais conhecido.

É necessário que o representante familiar apresente um documento de identificação de cada membro da família.

5. Condições para receber o Auxílio Brasil

Publicidade

Os critérios para receber o Auxílio Brasil se mantêm. Ou seja, o benefício continua sendo voltado para famílias em situação de pobreza (tendo renda familiar per capita mensal entre R$ 105,01 e R$ 210,00) ou extrema pobreza (tendo renda familiar per capita mensal igual ou inferior a R$ 105,00).

Publicidade

Veja também: Auxílio Brasil e Vale-Gás voltam nesta segunda (27); descubra quem ainda recebe

Elouise LopesRedatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais.
Veja mais ›
Fechar