A prova de vida do INSS volta a ser obrigatória já em janeiro!

A prova de vida do INSS volta a ser obrigatória já em janeiro! (1)
Fonte/Reprodução: original

A prova de vida do INSS é uma obrigatoriedade que atinge a todos os beneficiários do regime de previdência. Essa regra existe desde 2012, mas em meados deste ano (2021) o Senado aprovou que a prova de vida fosse suspensa devido à pandemia.

Mas esse quadro irá mudar a partir de janeiro de 2022, pois já foi anunciado que a prova de vida voltará a ser obrigatória. De acordo com dados mostrados pelo próprio INSS, cerca de 3,3 milhões de brasileiros ainda não fizeram o cadastro da prova.

Publicidade

Publicidade

Se a Prova de Vida não for feita até o ano que vem, milhões de pessoas perderão o benefício. A relativa fase tranquila da pandemia levou as autoridades a decidirem pela volta desta obrigação o mais rápido possível.

A prova de vida do INSS é obrigatória por qual motivo?

A Prova de Vida não se trata de uma burocracia sem sentido em um país excessivamente estatal e de lenta administração pública, mas um documento importante.

Ela prova que o beneficiário continua vivo e isso impede que fraudes sejam realizadas em seu nome, caso venha a óbito.

Publicidade

Publicidade

A prova de vida do INSS volta a ser obrigatória já em janeiro! (1)
Fonte/Reprodução: original

Se uma pessoa beneficiada já faleceu, mas continua a receber aposentadoria, esse benefício deve ser suspenso, pois significa um gasto excedente e desnecessário de dinheiro público. Muitas vezes, as fraudes ocorrem a partir de membros da família, com acesso à conta do segurado.

Para que não ocorram fraudes do tipo, o envio da Prova de Vida é obrigatório para que o pagamento do benefício cesse e o dinheiro seja usado em alguém que ainda é vivo e necessita de aposentadoria. É uma medida para evitar gargalos na verba da previdência.

Até quando a pessoa pode fazer a prova de vida?

Para as pessoas que ainda não atualizaram seus cadastros, poderão fazer a Prova de Vida até abril de 2022. É possível fazer em agências do INSS, nos bancos onde são recebidos os benefícios ou pelo próprio app Meu INSS.

Os usuários do app devem ter a biometria facial registrada no cadastro. 

O que acontece se o procedimento não for feito?

Na falta de atualização do cadastro da Prova de Vida, o segurado estará passível de ter o seu benefício de aposentadoria cancelado. Em casos de atraso, o pagamento será feito pelo INSS por dois meses, mas o recebimento é bloqueado.

O cancelamento acontece se o beneficiado ultrapassar seis meses sem fazer a Prova de Vida.

Flavio CarvalhoGestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
Veja mais ›
Fechar