Auxílio Brasil tem mais de 1 milhão de famílias na fila; é possível agilizar o processo?

Estudo mostra que mais de 1 milhão de famílias se encaixam nos critérios do Auxílio Brasil, mas aguardam na fila do programa.

Um levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM) revela que mais de um milhão de famílias estavam na fila de espera do Auxílio Brasil em fevereiro.

O número total de famílias que a espera do benefício no período (1.050.295) foi mais que o dobro do registrado no mês anterior (434.421), o que representou um salto de 142% no tamanho da fila.

Publicidade

Publicidade

A fila de espera inclui famílias que estão aptas a receber o Auxílio Brasil, mas ainda não foram incluídas no programa. Segundo a CNM, o total de famílias corresponde a 2,04 milhões de pessoas.

Governo diz ter zerado a fila do Auxílio Brasil em 2021

Auxílio Brasil tem mais de 1 milhão de famílias na fila; é possível agilizar o processo?
Fila do Auxílio Brasil tem mais de 1 milhão de famílias aptas a receber o benefício. Foto: Reprodução

Em dezembro do ano passado, pouco após o lançamento do programa criado para substituir o Bolsa Família, o governo Bolsonaro afirmou que havia zerado a fila de espera pelo benefício.

Além disso, o ex-ministro da Cidadania, João Roma, afirmou em entrevista ao UOL que o governo voltaria a zerar a fila se novas pessoas estivessem aptas ao programa em janeiro e fevereiro.

Publicidade

Publicidade

No entanto, o levantamento da CNM destaca que a fila do Auxílio Brasil nunca chegou a zerar. O número chegou a reduzir 86,4% na comparação entre novembro e janeiro, mas nunca chegou a zero, segundo o estudo. Porém, o levantamento não informa os dados de dezembro.

O aumento no número de famílias aptas a receber o Auxílio Brasil, benefício voltado a quem tem renda mensal de até R$ 210 por pessoa, também reflete o cenário de crise econômica do país, que vem enfrentando altos índices de inflação e desemprego nos últimos anos.

É possível agilizar o processo para receber o benefício?

No caso das famílias que se encaixam nos critérios para receber o Auxílio Brasil, não há muito o que se fazer para agilizar o processo. Afinal, a participação no programa depende da aprovação do governo.

Mas uma dica importante para evitar erros é manter os dados do CadÚnico atualizados, pois a seleção acontece por meio da base de dados deste cadastro. Por isso, é fundamental revisar os dados do CadÚnico para confirmar que estão de acordo com as regras do programa.

Para isso, basta baixar o aplicativo Cadastro Único, que permite revisar e atualizar o cadastro sem sair de casa, se não houver mudanças.

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário