Elon Musk compra o Twitter por USD$ 44 bilhões; relembre outras compras bilionárias

Nesta segunda-feira (25), foi anunciado que Elon Musk, que já era dono de 9% das ações do Twitter, comprou a rede social por USD$ 44 bilhões.

Na tarde desta segunda-feira (25), foi anunciado que o empresário Elon Musk chegou a um acordo para comprar a rede social Twitter por US$ 44 bilhões. Nos últimos anos, o setor das redes sociais tem sido marcado por diversos negócios bilionários.

Desde janeiro, o dono da Tesla vinha acumulando ações do Twitter e chegou a tomar posse de 9%.

Publicidade

Publicidade

Nesta matéria do NoDetalhe, você fica sabendo detalhes a respeito da compra do Twitter por Elon Musk a USD$ 44 bilhões e ainda relembra outras compras bilionárias. Continue lendo!

Elon Musk fecha negócio e compra Twitter por USD$ 44 bilhões

Elon Musk compra o Twitter por USD$ 44 bilhões; relembre outras compras bilionárias
Nesta segunda-feira (25), foi anunciado que Elon Musk, que já era dono de 9% das ações do Twitter, comprou a rede social por USD$ 44 bilhões. (Imagem: Reprodução/Pinterest)

O bilionário Elon Musk é o fundador da Tesla e da SpaceX, sendo considerada a pessoa mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 219 bilhões (o que equivale a cerca de R$ 1,021 trilhão).

No início do mês de abril, Musk revelou que vinha comprando ações do Twitter desde o final de janeiro, conseguindo acumular uma participação de 9,1%.

Publicidade

Publicidade

Em 13 de abril, Musk fez ao que se chama “oferta hostil”, que é quando a empresa pode ser comprada mesmo sem anuência do conselho de administração, para ter o controle total sobre o Twitter. O acordo inicialmente proposto incluía um limite de seu investimento na empresa para uma participação de 14,9%.

A oferta foi de US$ 54,20 (R$ 255) por ação do grupo, que é um preço 38% mais alto que o preço da ação da rede social até 1º de abril.

Após negociações, na tarde de ontem (25), o Twitter anunciou oficialmente que o empresário chegou a um acordo, adquirindo a rede social por US$ 44 bilhões. Com isso, o Twitter se torna uma empresa de capital fechado, não tendo mais suas ações negociadas na Bolsa de Valores.

Em comunicado, Elon Musk defende que “A liberdade de expressão é a base de uma democracia em funcionamento, e o Twitter é a praça da cidade digital onde são debatidos assuntos vitais para o futuro da humanidade”.

Em outras palavras, Musk afirma que o acordo em questão não gira em torno da economia dos negócios do Twitter, mas da garantia de que o Twitter continuará servindo como uma plataforma confiável para a democracia.

Outras compras bilionárias

A seguir, relembre outros grandes negócios envolvendo empresas de tecnologia.

Amazon e Whole Foods

Publicidade

Publicidade

Os acionistas da empresa varejista com foco em produtos naturais e orgânicos chamada Whole Foods Market aprovaram a proposta de venda para a Amazon, tendo um acordo em cerca de US$ 13,5 bilhões. O caso aconteceu em outubro de 2017.

Microsoft e LinkedIn

A Microsoft adquiriu a plataforma profissional conhecida por LinkedIn por US$ 26,2 bilhões em junho de 2016, sendo considerada uma das negociações mais caras já feitas pela Microsoft.

Google e Youtube

O Google anunciou a compra do site de vídeos Youtube por US$ 1,65 bilhão ainda em outubro de 2006, e esta foi a compra mais cara já feita pelo Google até então. O negócio envolveu troca de ações e, sendo assim, o Google repassou aos donos do Youtube uma quantidade de ações que equivale ao valor da aquisição.

Facebook e WhatsApp

O Facebook conseguiu comprar o WhatsApp por cerca de US$ 22 bilhões, em outubro de 2014. As negociações estavam acontecendo desde o mês de fevereiro do mesmo ano.

Publicidade

Jan Koum, que é o responsável pela fundação do WhatsApp, recebeu em torno de US$ 2 bilhões em ações.

Publicidade

Microsoft e Skype

A maior aquisição da história da Microsoft foi quando ela comprou o Skype por R$ 8,5 bilhões, em conformidade com a agência Reuters, na época. O caso aconteceu em maio de 2011.

Amazon e MGM

A Amazon comprou o estúdio cinematográfico MGM por US$ 8,45 bilhões. As negociações começaram ainda em maio de 2021 e só foram finalizadas em maço deste ano, quando a compra foi anunciada.

Veja também: Mega-Sena 2475: Sorteio hoje (terça, 26) com prêmio de até R$ 36 milhões

Redatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais. Adora sentir que está fora da própria bolha.

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário