Saque da 4ª parcela do auxílio emergencial é liberado para nascidos em março

A Caixa Econômica Federal liberou o saque da quarta parcela do auxílio emergencial para nascidos em março. Saiba, aqui, como sacar o benefício e mais informações sobre o pagamento!

Pagamentos Caixa Tem
Aplicativo Caixa Tem | Imagem: No Detalhe

Como sacar o auxílio emergencial

O saque do auxílio emergencial é feito por meio de código autorizador gerado no Caixa Tem, uma vez que a conta social digital em que o benefício é pago não possui cartão físico. Veja como obter o código autorizador:

Publicidade

Publicidade

  1. Faça login no aplicativo Caixa Tem;
  2. Toque em “saque sem cartão”, item que aparece no menu de serviços;
  3. Selecione “saque do auxílio emergencial”;
  4. Toque em “gerar código para saque”;
  5. Informe sua senha e finalize.

O código autorizador tem validade de uma hora, portanto, tente utilizá-lo dentro desse período para realizar o saque, que pode ser feito em lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e caixas eletrônicos de agências da Caixa Econômica Federal.

Está com a conta Caixa Tem bloqueada? Então, providencie o desbloqueio para conseguir sacar o benefício. Esse processo é feito presencialmente em uma lotérica ou agência da Caixa, basta apresentar um documento de identificação oficial com foto (RG) e seu CPF.

Como consultar o auxílio emergencial

A consulta ao auxílio emergencial é feita online, no site da Dataprev, e permite verificar o status do benefício, se está ativo ou não. Acompanhe, a seguir, um passo a passo sobre como consultar o auxílio:

Publicidade

Publicidade

  1. Acesse o site de consulta ao auxílio emergencial Dataprev;
  2. Informe seu CPF, nome completo, nome de sua mãe e data de nascimento;
  3. Marque a caixa de recaptcha;
  4. Clique em “enviar”;
  5. Selecione “auxílio 2021”.

Quem tem direito a receber o auxílio?

O auxílio emergencial é concedido a pessoas que cumprem requisitos do programa. No caso do auxílio 2021, o beneficiário deve atender as seguintes normas:

  • Ter recebido o auxílio em 2020;
  • Possuir renda mínima familiar por pessoa de R$ 550,00;
  • Ter renda familiar total de até R$ 3.300,00;
  • Não ter emprego formal;
  • Não ser beneficiário de programas sociais, assistenciais ou trabalhistas do governo, com exceção do Bolsa Família e abono salarial PIS/Pasep;
  • Ter a partir de 18 anos, exceto mães adolescentes;
  • Não ter, em 2019, bens acima de R$ 300.000,00;
  • Não ter recebido, em 2019, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

Prorrogação do auxílio emergencial

O governo prorrogou o pagamento do auxílio emergencial 2021 para mais três parcelas, que serão creditadas na conta social digital dos beneficiários nos meses de agosto, setembro e outubro.

Embora não haja confirmação, o governo deu a entender que o benefício pode ser garantido para 2022, se houver necessidade. A expectativa é que o avanço da vacinação contra Covid-19 possibilite suspender o pagamento do benefício, redirecionando gastos com benefícios para outros programas como o novo Bolsa Família.

Calendário de pagamentos do auxílio emergencial

O calendário oficial para o público em geral ainda não foi divulgado, mas a previsão é de que isso aconteça nos próximos dias. Só há datas para o calendário de pagamentos do auxílio emergencial para quem pertence ao Bolsa Família, uma vez que são as mesmas em ambos os programas.

A seguir, confira quando beneficiários do Bolsa Família receberão as três parcelas da prorrogação do auxílio emergencial:

5ª parcela do auxílio emergencial

  • NIS final 1: 18 de agosto
  • NIS final 2: 19 de agosto
  • NIS final 3: 20 de agosto
  • NIS final 4: 23 de agosto
  • NIS final 5: 24 de agosto
  • NIS final 6: 25 de agosto
  • NIS final 7: 26 de agosto
  • NIS final 8: 27 de agosto
  • NIS final 9: 30 de agosto
  • NIS final 0: 31 de agosto

6ª parcela do auxílio emergencial

  • NIS final 1: 17 de setembro
  • NIS final 2: 20 de setembro
  • NIS final 3: 21 de setembro
  • NIS final 4: 22 de setembro
  • NIS final 5: 23 de setembro
  • NIS final 6: 24 de setembro
  • NIS final 7: 27 de setembro
  • NIS final 8: 28 de setembro
  • NIS final 9: 29 de setembro
  • NIS final 0: 30 de setembro

7ª parcela do auxílio emergencial

  • NIS final 1: 18 de outubro
  • NIS final 2: 19 de outubro
  • NIS final 3: 20 de outubro
  • NIS final 4: 21 de outubro
  • NIS final 5: 22 de outubro
  • NIS final 6: 25 de outubro
  • NIS final 7: 26 de outubro
  • NIS final 8: 27 de outubro
  • NIS final 9: 28 de outubro
  • NIS final 0: 29 de outubro

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário