Auxílio emergencial: nascidos em junho podem fazer saques e transferências a partir de hoje (7/5)

auxílio emergencial pessoas entrando em unidade da caixa

Beneficiários do auxílio emergencial nascidos em junho conseguem fazer a partir de hoje (7/5) saques e transferências do valor disponível no Caixa Tem.

Vale lembrar que somente o valor da primeira parcela do benefício está disponível. A segunda começa a ser paga a partir do dia 16/5 para o público em geral e 18/5 para beneficiários do Bolsa Família.

Publicidade

Publicidade

Confira, aqui, como realizar essas transações, bem como demais datas do calendário de saque e transferência do auxílio emergencial 2021.

pessoas entrando em unidade da caixa

Quem pode sacar e transferir o auxílio emergencial hoje (7/5)?

Somente os beneficiários que nasceram em junho conseguem sacar ou transferir o auxílio emergencial a partir de hoje. Os que aniversariam e de janeiro a maio também já tiveram essas transações liberadas.

O beneficiário conseguirá sacar o valor integral da parcela. Se já utilizou o auxílio para pagar compras ou contas, conseguirá sacar ou transferir somente o valor residual.

Publicidade

Publicidade

Como sacar o auxílio emergencial?

Como a conta social digital de pagamento do auxílio não possui cartão físico, a Caixa Econômica Federal libera o saque do valor por meio de código autorizador que é gerado no aplicativo Caixa Tem.

Para efetuar o saque, o código autorizador deve ser informado no caixa eletrônico de uma das agências da Caixa Econômica Federal, em um correspondente Caixa Aqui ou numa lotérica.

Está em dúvida sobre como obter o código autorizador? Então, verifique o passo a passo que preparamos com orientações sobre como proceder para obter o seu:

  1. Acesse o aplicativo Caixa Tem;
  2. Selecione “saque sem cartão”, que está no menu de serviços do aplicativo;
  3. Toque em “saque do auxílio emergencial”;
  4. Selecione “gerar código para saque”;
  5. Digite sua senha da conta.

Pronto! O aplicativo Caixa Tem exibirá automaticamente o código autorizador. Utilize-o para saque dentro de um período de duas horas, que é o tempo de validade. Caso ultrapasse esse período, será preciso gerar um novo código.

Beneficiários que tiveram a conta Caixa Tem bloqueada podem recuperar seu acesso pessoalmente em uma agência da Caixa Econômica Federal ou numa lotérica.

Após o desbloqueio presencial da conta Caixa Tem, o beneficiário consegue sacar o auxílio emergencial sem gerar o código autorizador, mas somente se o valor já estiver liberado.

Como transferir o auxílio emergencial entre contas

Publicidade

Publicidade

A transferência do auxílio emergencial entre contas é uma alternativa para beneficiários que não querem depender do saque em agências da Caixa Econômica Federal, evitando filas e aglomerações.

Essa transação pode ser feita por meio de TED, DOC e Pix. Nos dois primeiros casos, o dinheiro pode demorar até um dia útil para cair na conta. Já no segundo, o valor cai em poucos segundos. Em todos os casos, a transferência é gratuita.

Calendário de saque e transferência do auxílio emergencial

O calendário de saque e transferência do auxílio emergencial traz datas definidas de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários. Confira, a seguir, a partir de quando poderá sacar as parcelas:

Janeiro

  • Primeira parcela: 30 de abril
  • Segunda parcela: 08 de junho
  • Terceira parcela: 13 de julho
  • Quarta parcela: 13 de agosto

Fevereiro

  • Primeira parcela: 3 de maio
  • Segunda parcela: 10 de junho
  • Terceira parcela: 15 de julho
  • Quarta parcela: 17 de agosto

Março

  • Primeira parcela: 4 de maio
  • Segunda parcela: 15 de junho
  • Terceira parcela: 16 de julho
  • Quarta parcela: 19 de agosto

Abril

  • Primeira parcela: 5 de maio
  • Segunda parcela: 17 de junho
  • Terceira parcela: 20 de julho
  • Quarta parcela: 23 de agosto

Maio

  • Primeira parcela: 6 de maio
  • Segunda parcela: 18 de junho
  • Terceira parcela: 22 de julho
  • Quarta parcela: 25 de agosto

Junho

  • Primeira parcela: 7 de maio
  • Segunda parcela: 22 de junho
  • Terceira parcela: 27 de julho
  • Quarta parcela: 27 de agosto

Julho

  • Primeira parcela: 10 de maio
  • Segunda parcela: 24 de junho
  • Terceira parcela: 29 de julho
  • Quarta parcela: 30 de agosto

Agosto

  • Primeira parcela: 11 de maio
  • Segunda parcela: 29 de junho
  • Terceira parcela: 30 de julho
  • Quarta parcela: 01 de setembro

Setembro

  • Primeira parcela: 12 de maio
  • Segunda parcela: 1 de julho
  • Terceira parcela: 4 de agosto
  • Quarta parcela: 3 de setembro

Outubro

  • Primeira parcela: 13 de maio
  • Segunda parcela: 2 de julho
  • Terceira parcela: 6 de agosto
  • Quarta parcela: 6 de setembro

Novembro

  • Primeira parcela: 14 de maio
  • Segunda parcela: 05 de julho
  • Terceira parcela: 10 de agosto
  • Quarta parcela: 08 de setembro

Dezembro

  • Primeira parcela: 17 de maio
  • Segunda parcela: 08 de julho
  • Terceira parcela: 12 de agosto
  • Quarta parcela: 10 de setembro

Flavio CarvalhoGestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
Veja mais ›
Fechar