Brasileiros retiraram R$ 46,3 bilhões da poupança em 2022; Veja por que você também deveria retirar

Saques da poupança vêm atingindo níveis altos, veja se vale a pena retirar seu dinheiro para trocar por outra forma de investimento.

Questões como taxa Selic em níveis baixos e inflação em alta vem fazendo cada vez mais gente retirar dinheiro da poupança, uma das aplicações mais tradicionais do mercado brasileiro.

Só em 2022, os brasileiros já sacaram R$ 46,29 bilhões a mais do que depositaram na poupança, a chamada “retirada líquida”, segundo dados divulgados pelo Banco Central na última segunda-feira (25/04) sobre operações realizadas até 14 de abril.

Publicidade

Publicidade

Somente em março, a retirada líquida da poupança foi de R$ 15,36 bilhões, o que é o maior índice para o mês em toda a série história, iniciada em 1995.

Vale a pena retirar dinheiro da poupança?

Brasileiros retiraram R$ 46,3 bilhões da poupança em 2022; Veja por que você também deveria retirar
Retirada líquida da poupança atinge nível recorde; veja se vale a pena trocar por outro tipo de investimento. Foto: Canva

De modo geral, é comum que haja um alto volume de saques da poupança nos primeiros meses do ano. Isso porque muitos brasileiros retiram dinheiro para pagar impostos e despesas como parcelamentos de compras do Natal e compra de material escolar.

No entanto, há outros motivos que levam as pessoas a saírem da poupança. Afinal, especialistas destacam que ela vem se tornando menos atrativa nos últimos anos.

Publicidade

Publicidade

Isso porque em comparação com outras formas de investimento, a poupança apresenta um rendimento baixo. Além disso, hoje em dia não é difícil encontrar outras contas que oferecem garantias e segurança semelhantes às da poupança, mas que fazem o dinheiro render mais.

Quais investimentos rendem mais do que a poupança?

Segundo especialistas, são algumas as formas de investimento que valem mais do que a poupança, conforme já mostramos aqui. Um dos principais é o Tesouro Direto, que por permite a compra de títulos da dívida pública e é um investimento considerado livre de risco.

Os investimentos no Tesouro Direto são de a partir de R$ 30, e o rendimento varia conforme o tipo de aplicação (prefixados ou pós-fixados). No entanto, o Tesouro Direto tem prazos mínimos para resgate, e alguns são longos.

Além das formas de investimento que vêm chamando a atenção de mais pessoas nos últimos anos, o que também inclui opções como LCI, LCA e CDBs, outro setor que vem “roubando” clientes da poupança é o de contas digitais, como Nubank, PicPay e PagBank.

Isso porque muitas destas contas digitais oferecem rendimento de 100% ou mais do CDI, o que faz o dinheiro render mais do que a poupança. Além disso, as contas também oferecem facilidades, como acompanhar o rendimento diariamente, e segurança.

Para encerrar, aproveite para conferir nosso texto mostrando quanto rende R$ 1.000 em Renda Fixa e comparando a poupança com outras opções.

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário