Como funciona o sistema de pontos da CNH? No Detalhe responde!

Confira os detalhes de como funciona o sistema de pontos da CNH atualmente e como consultar o sistema de pontos.

Não faz muito tempo que foram feitas atualizações no Código Brasileiro de Trânsito (CTB) e novas regras passaram a valer para os motoristas. É importante entender como funciona o sistema de pontos da CNH (Carteira Nacional de Trânsito), que agora varia de 20 a 40 pontos, de acordo com o tipo de infração.

Ao compreender melhor o novo sistema de pontos, o motorista tende a evitar problemas e prejuízos.

Publicidade

Publicidade

A seguir, você fica sabendo como funciona o sistema de pontos da CNH atualmente, como fazer uma consulta ao sistema e mais. Continue lendo!

Como funciona o sistema de pontos da CNH atualmente?

Como funciona o sistema de pontos da CNH? No Detalhe responde!
Confira os detalhes de como funciona o sistema de pontos da CNH atualmente e como consultar o sistema de pontos. (Imagem: Pexels/Divulgação)

Até alguns anos atrás, o limite de ponto para que a carteira de um motorista fosse suspenso era 20. Nesse modelo, portanto, o condutor tinha a CNH suspensa ao atingir 20 pontos, independendo do tipo de infração, entre leve, média, grave ou gravíssima.

A partir de 2019, as regras mudaram e o limite de pontos passou para 40, também sem considerar a natureza das infrações cometidas pelos motorista.

Publicidade

Publicidade

Em abril de 2021, novas alterações foram feitas e agora os limites variam entre 20 e 40 pontos. A suspensão da carteira de habilitação vai depender da quantidade de infrações cometidas.

Sendo assim, é necessário estar atento às seguintes situações:

  • Se o motorista atingir 20 pontos, com duas ou mais infrações gravíssimas, ele terá a CNH suspensa.
  • Caso o motorista tenha atingido 30 pontos e tiver cometido uma infração gravíssima, a CNH será suspensa;
  • Para que a CNH seja suspensa apenas ao atingir 40 pontos, é preciso que o motorista não tenha cometido nem uma de natureza infração gravíssima.

Essas regras se aplicam para todos os motoristas comuns. Para aqueles motoristas que realizem atividade remunerada, como é o caso de transporte por aplicativo, taxistas e outras funções que se enquadram na categoria, a suspensão irá acontecer somente quando o condutor atingir o limite máximo de 40 pontos.

No caso dos motoristas mencionados, que são exceção às regras, a natureza da infração não será levada em consideração.

Quais são as infrações de natureza gravíssima?

As infrações consideradas gravíssimas pelo CTB são aquelas mais perigosas e que têm mais chances de causar danos à fluidez do trânsito, além de colocar em risco a segurança das pessoas que fazem parte dele, como é o caso de condutores e pedestres.

A seguir, confira alguns exemplos de infrações gravíssimas:

  • Avançar sinal vermelho;
  • Dirigir sob influência de álcool;
  • Transitar pela contramão em vias de sentido único;
  • Ultrapassar pela contramão em determinados lugares;
  • Andar na faixa exclusiva de ônibus;
  • Estacionar em vagas exclusivas para pessoa com deficiência.

Pontos por infração

Publicidade

Publicidade

O número de pontos varia em conformidade com o tipo de infração cometida pelo motorista. Confira a seguir.

  • Gravíssima – 7 pontos
  • Grave – 5 pontos
  • Média – 4 pontos
  • Leve – 3 pontos

O que acontece com quem for pego dirigindo com a CNH suspensa?

O CTB estabelece que aquele motorista que estiver com a CNH suspensa for pego dirigindo receberá uma multa de aproximadamente R$ 900. Além disso, o motorista terá o veículo apreendido até a chegada de outra pessoa habilitada. Ainda, o motorista terá a cassação da carteira por dois anos.

Como consultar o sistema de pontos da CNH

Para verificar a quantidade de pontos da CNH, o motorista pode acessar o site do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do estado onde reside. Outra alternativa, que pode ser ainda mais prática, é por meio do aplicativo do Detran do Estado, que está disponível tanto para dispositivos Android quanto iOS e dá acesso à carteira digital.

Veja também: Revelados os estados com a gasolina mais cara do país; preço vai te surpreender

Redatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais.
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário