Empréstimos não autorizados: Procon é alvo de 6 mil denúncias

Confira tudo que você precisa saber da noticia aqui No Detalhe: Procon é alvo de 6 mil denúncias de empréstimos não autorizados,

No Espírito Santo, o Procon estadual registrou cerca de seis mil denúncias de empréstimos não autorizados. Isso representa pouco mais de um quinto de todas as denúncias recebidas pelo órgão no período. As vítimas mais comuns são aposentados ou pensionistas.

As Instituições financeiras, portando dados pessoais das vítimas, entram em contato com as mesmas e fazem propostas de empréstimos, principalmente do tipo consignado. A prática deve ser denunciada.

Publicidade

Publicidade

O que o INSS diz sobre os empréstimos não autorizados?

O INSS disse que as informações referentes aos beneficiários e segurados possuem proteção do órgão e são sigilosas. O instituto enfatizou que mantém políticas e mecanismos que garantam a segurança dos bancos de dados.

Também disse que os seus servidores não podem fornecer aos bancos e demais instituições financeiras dados sobre os segurados.

Empréstimos não autorizados Procon é alvo de 6 mil denúncias (2)
Fonte/Reprodução: original

Além disso, o INSS fez questão de deixar claro que ninguém, nem nenhum órgão ou empresa pode realizar atividade de marketing, fazer propostas comerciais ou estabelecer contratos de empréstimo com desconto na folha de pagamento dos benefícios dos segurados.

Publicidade

Publicidade

Como o Diretor do Procon estadual se pronunciou?

O diretor do Procon do Espírito Santo disse que não é possível saber ainda como as instituições financeiras estão obtendo dados dos pensionistas e aposentados para realizar os empréstimos.

Em entrevista ao portal A Gazeta, Rogério Athayde disse que o órgão estadual solicitou ao INSS para saber como as informações sobre os segurados são vazadas, mas ainda não obteve respostas.

Ele disse também que o procedimento a ser seguido é entrar em contato com o banco e, caso não seja resolvido o problema relacionado ao empréstimo não autorizado, o Procon deve ser acionado.

Alguns casos das denúncias

Muitas das vítimas nem percebem o que está acontecendo. Elas simplesmente recebem uma ligação do banco e, sem perceber, autorizam o empréstimo. Quando veem a dedução do valor na conta não entendem direito do que se trata.

O aposentado Renan dos Santos, por exemplo, passou exatamente por isso. Ele disse, também ao portal A Gazeta, que nunca autorizou empréstimo pelo seu banco. Renan disse que se sente lesado e que a situação é injusta. Após procurar o Procon, uma audiência entre ele e o banco será realizada no ano que vem.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário