Golpes no Whatsapp envolvendo o Auxílio Brasil acontecem todos os dias. Veja como se prevenir

Marina Darie

01/12/2021

Com o Auxílio Brasil na ativa, os golpes no WhatsApp começam a surgir para tentar enganar os beneficiários do novo programa social. Em resumo, uma das fraudes mais comuns, que acontece no aplicativo de mensagens, afirma que o cadastro do novo Bolsa Família deve ser feito a partir de um link – o que é MENTIRA.

Na mensagem enviada pelos golpistas é dito que o Governo Federal lançou um novo aplicativo, chamado App Social, que foi criado para auxiliar na inscrição de famílias no Auxílio Brasil. Além disso, também é solicitado que o link do app seja compartilhado com outros contatos, com o objetivo de espalhar essa informação para toda a população.

Ademais, esse é apenas um dos golpes no WhatsApp que estão circulando atualmente. Alguns cidadãos atentos já presenciaram outra tentativa de fraude, que também acontece no app: nesta, outra mensagem é enviada afirmando que o Governo Federal está liberando  o Auxílio Brasil para as famílias, no valor de R$217,00 por mês, por conta do aumento da inflação.

De acordo com a farsa, pessoas de baixa renda, aposentados, beneficiários do Auxílio Emergencial e do Bolsa Família têm direito ao dinheiro. Por fim, para conseguir ter acesso à renda, a mensagem leva o internauta a clicar em um link fraudulento, que rouba dados do usuário.

Golpes pelo Whatsapp aumentam com o início do Auxílio Brasil

Golpes no WhatsApp tentam roubar dados de pessoas que querem receber o Auxílio Brasil. (Imagem: Pixabay / Divulgação)

O que o Ministério da Cidadania diz sobre os golpes no WhatsApp envolvendo o Auxílio Brasil?

Os dois golpes no WhatsApp mencionados anteriormente são capazes de roubar dados pessoais e financeiros das pessoas que clicam nos links. Portanto, o Ministério da Cidadania, responsável por organizar o Auxílio Brasil, ressalta que a população só deve utilizar as ferramentas e canais oficiais do Governo Federal para ter acesso a informações do novo programa social.

O aplicativo Auxílio Brasil Caixa é o único app para celular disponível para acessar a situação, o valor do benefício e o dia dos pagamentos do novo programa social do Governo Federal. Tanto na versão para aparelhos Android quanto para iOS, o único desenvolvedor do aplicativo é a Caixa Econômica Federal. Quaisquer outros aplicativos que dizem ser do Auxílio Brasil, divulgados por meio de links compartilhados no WhatsApp, são FALSOS. Baixá-los pode danificar seu aparelho e colocar seus dados pessoais em risco.”, informou a pasta por meio de comunicado. 

Como baixar o app oficial do Auxílio Brasil para não cair em golpes no WhatsApp?

A fim de garantir a segurança dos usuários, o aplicativo oficial do Auxílio Brasil está disponível gratuitamente para smartphones com o sistema Android ou IOS. Veja o passo a passo de como baixá-lo:

  1. Procure o ícone da loja de aplicativos do seu celular ​(Para Android, acesse a Google Play e para iPhone, a Apple Store);
  2. Na busca, digite Auxílio Brasil CAIXA;
  3. Toque no ícone com o nome Auxilio Brasil CAIXA (​Verifique se o desenvolvedor é a Caixa Econômica Federal);
  4. Toque em instalar;
  5. Aceite e aguarde a instalação;
  6. Toque em abrir.

Fraudes no Brasil

De acordo com um levantamento do Serasa Experian, a cada 7 segundos uma movimentação suspeita aconteceu no Brasil em outubro. Neste ano, houve um aumento de 10% do Indicador de Tentativas de Fraude na comparação com o mesmo período do ano passado.

A faixa etária de consumidores de até 25 anos foi a que mais sofreu com as tentativas de golpe. Ela  representou 13,1% do total. Em seguida apareceram as pessoas de 26 a 35 anos, com 10,9%. Os de 36 a 50 anos, são 9,5% dos casos. Consumidores com idade de 51 a 60 representaram 8,7% das possíveis vítimas. Já as pessoas com mais de 60 anos sofreram em apenas 8,4% das ocorrências.

As regiões mais visadas pelos golpistas foram:

  • Sudeste, com 52,4% das tentativas de fraudes;
  • Nordeste, com 17,7% das tentativas de fraudes;
  • Sul, com 15,1% das tentativas de fraudes;
  • Centro-Oeste, com 8,9% das tentativas de fraudes;
  • Norte, com 6% das tentativas de fraudes.

Veja quais segmentos mais tiveram tentativas de fraudes:

  • Bancos e cartões: 58%;
  • Financeiras: 19,4%;
  • Serviços: 11,1%;
  • Varejo: 8,4%;
  • Telefonia: 3%.

Dicas da Febraban de como não cair em golpes

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) aponta para o crescimento de 165% nos golpes de engenharia social no primeiro semestre de 2021. Dados analisados em comparação com o semestre anterior. Com o intuito de ajudar, a entidade separou algumas dicas de como evitar de se tornar vítima:

  • O banco nunca liga para o cliente pedindo senha nem o número do cartão . As instituições financeiras também não solicitam transferências ou qualquer tipo de pagamento por telefone. Se receber uma ligação desse tipo, desconfie e entre em contato com o banco pelos canais oficiais;
  • No WhatsApp, ative a “Confirmação em Duas Etapas” para diminuir a chance de golpistas roubarem seu número;
  • Em conclusão, desconfie de mensagens que aparecem de forma inesperada. Não confie em promoções tentadoras demais. Em caso de links, confira se o endereço da página corresponde ao correto. Em caso de dúvida, não clique.
Marina Darie
Escrito por

Marina Darie

Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!