IPVA 2022 RS: pagamento com 22,4% de desconto se encerra nesta quinta-feira (31)

Você sabe como pagar o IPVA 2022 RS? O No Detalhe te explica onde fazer o pagamento, como consultar o valor do imposto e sobre os descontos!

Atenção contribuintes do Rio Grande do Sul: quem pagar o IPVA 2022 RS hoje, 31 de março, pode conseguir até 22,4% de desconto no imposto. Essa redução é fruto de três motivos: o pagamento antecipado, em março, que garante 3%; participação no programa Bom Motorista, que proporciona até 15%, e o Bom Pagador, com a possibilidade de, no máximo, 5% de desconto. 

O desconto de 3%, para pagamento antecipado em março, só é válido para quem também quitou as parcelas do tributo em janeiro e fevereiro deste ano, sem atrasos. Atualmente, a frota do Rio Grande do Sul é de 7.262.038 de veículos. 

Publicidade

Publicidade

Como pagar o IPVA 2022 RS?

IPVA 2022 RS: pagamento com 22,4% de desconto se encerra nesta quinta-feira (31)
Quem pagar o IPVA 2022 RS até hoje, 31 de março, pode garantir mais de 20% de desconto. Veja o motivo! (Imagem: Maicon Hinrichsen / Secom / Arquivo)

O IPVA 2022 RS pode ser parcelado em até seis vezes. Isso significa que os proprietários de veículos têm até  junho para pagar as parcelas do imposto. As parcelas que vencem em janeiro, fevereiro e março têm descontos de 10%, 6% e 3%, respectivamente, por conta do pagamento antecipado. 

 O pagamento do IPVA 2022 RS pode ser feito nos bancos Banrisul, Bradesco, Sicredi e Banco do Brasil (somente para clientes). Além disso, a novidade para este ano, é que o Pix também pode ser utilizado como forma de pagamento do imposto.

Para fazer isso, basta que o cidadão consulte o site ou aplicativo do IPVA/RS, gere o QR code a cada mês e o pague nas mais de 760 instituições financeiras disponíveis. 

Publicidade

Publicidade

Já quem preferir pagar presencialmente, ainda pode aproveitar para apresentar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), também conhecido como documento do veículo, e pagar também as taxas de licenciamento e multas.

Como consultar o valor do IPVA 2022 RS?

A consulta do valor do IPVA 2022 RS é feita no site ou aplicativo do IPVA/RS, disponível gratuitamente para dispositivos móveis nas lojas App Store e Google Play, ou pelo site disponibilizado pelo Governo do Rio Grande do Sul, específico para o imposto

Veja o passo a passo:

Site do Detran RS

  1. Entre na Central de Serviços do Detran RS;
  2. Faça seu cadastro/login com a senha gov.br;
  3. Clique em “Consulta de veículos”;
  4. Serão listados os veículos de sua propriedade. Caso queira acessar os débitos de veículo de outro proprietário, informe placa e Renavam e clique em “Consultar”;

App ou site IPVA/RS

  1. Acesse o site da Fazenda Estadual ou baixe o app IPVA RS;
  2. Informe placa e Renavam do veículo e clique em “consultar”;
  3. Serão listados em separado cada um dos valores pendentes.

Depois de quitar o IPVA 2022 RS e o licenciamento, o proprietário do veículo deverá baixar o CRLV digital no celular ou, se quiser, imprimir o documento em casa.

Desconto do Bom Motorista e do Bom Cidadão

O Desconto do Bom Motorista é destinado para os cidadãos sem infrações cometidas no trânsito. Ele tem três faixas de desconto:

  • Para os condutores que não tiveram registro de infrações nos sistemas de informações do Estado no período entre 1º de novembro de 2018 a 31 de outubro de 2021 (três anos), a redução será de 15%;
  • Já quem não teve multa depois de 1º de novembro de 2019 (dois anos) recebe desconto de 10%;
  • Depois de 1º de novembro de 2020 (um ano), tem direito a um benefício de 5%.

 Já o Desconto do Bom Cidadão (NFG), que também funciona em três faixas, garante redução no valor do IPVA conforme participação no Programa da Nota Fiscal Gaúcha (NFG):

  • Desconto de 5% será para quem possuir 150 notas ou mais;
  • Desconto de 3% para quem tiver entre 100 a 149 notas;
  • Desconto de 1% para o contribuinte entre 51 a 99 documentos fiscais devidamente registrados.

Alíquotas do IPVA 2022 RS

Publicidade

Publicidade

As alíquotas do IPVA 2022 RS  permanecem as mesmas de anos anteriores: 

  • 3% – automóveis e camionetes;
  • 2% – motocicletas;
  • 1% – caminhões, ônibus, micro-ônibus e automóveis e camionetes para locação.

Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário