Mais de 5 mil vagas para CNH Gratuita. Veja como se inscrever

Detran GO abriu mais de 5 mil vagas para CNH Gratuita. Inscrições vão até dia 18 de outubro. Detran CE deve abrir inscrições em breve.

Mais de 5 mil vagas para CNH Gratuita.

Quem é de Goiás e quer fazer a carteira de motorista, fique atento: o Detran GO abriu mais de 5 mil vagas para CNH Gratuita, por meio do programa CNH Social. Os interessados devem se inscrever no site do órgão de trânsito até o dia 18 de outubro. Essa é a quinta etapa da ação, que, ao todo, já abriu 17 mil vagas desde quando foi criada. 

No ano que vem, a abertura de vagas para CNH Gratuita deve continuar a ser feita. O Detran-GO estima que o programa CNH Social contemple mais de 22 mil pessoas em 2022, com um investimento de  R$ 33,3 milhões. 

Publicidade

Publicidade

A previsão é de que as vagas para CNH Gratuita sejam divididas em três etapas no ano que vem:  6 mil vagas para cada uma das duas primeiras fases, que serão realizadas em janeiro e maio e 10.020 vagas para a terceira etapa, que será realizada em setembro.

Vagas para CNH Gratuita em 2021

Quem se inscrever nas mais de 5 mil vagas para CNH Gratuita terá a isenção de pagamento das seguintes taxas: inclusão no Renach, Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamento de prova teórica, agendamento de exame prático, exame médico e psicológico. 

A pessoa com deficiência classificada dentro do número de vagas também se absterá de pagar pela junta médica. Por meio de parcerias com os Centros de Formação de Condutores (CFCs), serão oferecidos ainda o curso teórico de legislação de trânsito, as aulas práticas de direção e até três retestes gratuitos.”, informa a Secretaria de Estado da Casa Civil de Goiás.

De acordo com o Governo do Estado, 5% das 5 mil vagas para CNH Gratuitas serão destinadas para deficientes. 

Publicidade

Publicidade

Cada pessoa pode se inscrever em apenas uma modalidade do programa CNH Social:

  • Modalidade estudantil: contempla estudantes com idades entre 18 e 25 anos, que estão com cadastro ativo no CadÚnico,que cursaram e concluíram o ensino médio na rede pública estadual. Caso muitas pessoas se inscrevam nessa modalidade, um dos critérios de desempate será a nota média apurada pela Secretaria de Educação do Estado de Goiás.
  • Modalidade urbana ou rural: neste caso é preciso ter idade igual ou superior a 18 anos, estar inscrito e ativo no CadÚnico, saber ler e escrever e atender aos critérios estabelecidos pelo Código Brasileiro de Trânsito.

As pessoas que desejam se inscrever na CNH Social não podem ter praticado infração de trânsito de natureza gravíssima, grave ou ser reincidente em média, nos últimos 12 meses antes da data da inscrição. 

Para o presidente do Detran GO, Marcos Roberto Silva,  esse programa traz muitos benefícios sociais e econômicos para o estado.

O  CNH Social se consolida como um dos maiores programas de inclusão social, oferecendo aos beneficiários mais uma opção de trabalho, pois parte das vagas é ofertada para os condutores que desejam se tornar motoristas de categorias profissionais (ônibus, caminhão e carreta).”, explica Silva. 

CNH Social no Ceará

O Governo do Ceará também quer ofertar vagas para CNH Gratuita, por meio da CNH Social. Atualmente, o estado está fazendo preparativos para a retomada do programa e prevê que as inscrições sejam abertas neste mês de outubro. 

A expectativa é que 20 mil pessoas de baixo perfil aquisitivo sejam contempladas, com a carteira de motorista nas categorias A e B. Quem optar por fazer a CNH na categoria A, de moto, ganha um capacete. 

 

Sabemos que adquirir a primeira habilitação é o anseio de milhares de cidadãos e um programa completo como este simboliza uma conquista e uma realização, fazendo com que estas pessoas se sintam valorizadas e com maiores oportunidades junto ao mercado de trabalho”, afirma o superintendente do Detran-CE, Maximiliano Quintino.

Publicidade

Publicidade

No Ceará, a possibilidade de fazer a CNH de forma gratuita foi instituída em 2019, mas estava suspensa suspensa nos últimos meses. Ao todo, 139 mil pessoas foram  habilitadas por meio da iniciativa até o momento. 

Fontes: Secretaria de Estado da Casa Civil de Goiás, G1 e Governo do Ceará.

Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário