Microcrédito digital Caixa Tem: 7 dúvidas mais comuns sobre o novo empréstimo para negativados

Essas são as 7 dúvidas mais comuns a respeito do Micricrédito Digital da Caixa Tem. Essas perguntas também podem ser suas. Confira!

Na semana passada, a Caixa Econômica Federal começou a oferecer o programa Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital), que é um programa de empréstimos voltado para a população.

A modalidade de crédito conhecida como SIM Digital oferece uma linha para pessoas físicas e outra exclusiva para os chamados Microempreendedores Individuais (MEIs).

Publicidade

Publicidade

Nesta matéria do NoDetalhe, você fica sabendo as respostas para 7 perguntas bastante comuns sobre o Microcrédito Digital Caixa Tem. Confira!

1. Quem pode contratar?

Microcrédito digital Caixa Tem: 7 dúvidas mais comuns sobre o novo empréstimo para negativados
Essas são as 7 dúvidas mais comuns a respeito do Micricrédito Digital da Caixa Tem. Essas perguntas também podem ser suas. Confira! (Imagem: Reprodução/Internet)

A nova modalidade de empréstimos da Caixa Econômica Federal, conhecida como SIM Digital, oferece duas linhas de créditos. A primeira deve atender pessoas físicas que queiram atuar com atividades produtivas ou de prestação de serviço. A segunda linha deve atender MEIs.

Caso o interessado tinha outra operação de crédito ativa com a Caixa ou outra instituição financeira até 31 de janeiro de 2022, ele não terá possibilidade de ser contemplado com o novo programa, seja MEI ou pessoa física.

Publicidade

Publicidade

Também existe uma restrição para MEIs. É preciso possuir uma renda bruta anual de até R$ 360 mil e no mínimo 12 meses de faturamento para ter acesso ao SIM Digital. Outro requisito para participar do SIM Digital é ter uma conta na Caixa.

2. Quais os valores disponíveis?

O valor máximo a ser contratado por pessoas físicas é de até R$ 1 mil. Enquanto isso, para MEIs, as contratações de empréstimos podem ir até R$ 3 mil.

3. Negativados realmente têm direito?

Sim, negativados podem fazer a contratação de empréstimo. Inclusive, devemos mencionar que essa é a primeira vez em que a Caixa disponibiliza empréstimos para pessoas que estão com nome negativado.

4. Por onde é possível contratar?

Para fazer a contratação de empréstimos, o cliente da Caixa deve realizar o processo diretamente pelo aplicativo Caixa Tem.

5. Quando vale a pena?

As condições para contratação do microcrédito pelo SIM-Digital foram definidas na Portaria nº 660 do Ministério do Trabalho.

Com isso, as pessoas físicas que forem contratar o microcrédito devem fazê-lo se estiverem em busca de se tornar como empreendedor ou autônomo ou ainda que queiram empreender, mesmo que na informalidade. No momento em que forem fazer a contratação do empréstimo, deverão prestar essas informações.

Publicidade

Publicidade

No caso de quem já é MEI, o empréstimo deve ter a finalidade de investir no negócio, seja com a compra de equipamentos, aquisição de insumos, capital de giro e assim por diante.

6. Quais são as taxas de juros do microcrédito da Caixa?

Uma das preocupações mais comuns na hora de realizar um empréstimo é a cobrança de juros. Sendo assim, antes de fazer a contratação de empréstimo com a Caixa, é preciso saber que, para as pessoas físicas, a taxa de juros é a partir de 1,95% ao mês e o valor poderá ser parcelado em 24 meses.

No caso dos MEIs, a situação muda apenas um pouco. O juros cobrado para quem atua como microempreendedor individual é de 1,99% ao mês e o parcelamento pode ser feito em até 24 vezes.

7. O que preciso fazer para ter acesso ao microcrédito?

A primeira coisa a se fazer, no intuito de fazer a contratação de empréstimo, é atualizar o cadastro no Caixa Tem. Isso porque, ao fazer a atualização, o usuário irá liberar a oferta no aplicativo. Para atualizar o aplicativo, o usuário deve:

  1. Abrir o aplicativo Caixa Tem e fazer login com o seu CPF e senha ou biometria;
  2. Após entrar na conta, procurar pela opção “Atualize seu cadastro” e selecioná-la;
  3. Em seguida, tendo em mãos documentos de identidade, confirmar ou atualizar ou seu endereço e país de nascimento;
  4. Na sequência, o usuário deverá informar sobre a renda, patrimônio e profissão;
  5. Após preencher todas as questões que aparecem na tela, conferir todas as informações. Se não houver erro, clicar em “Confirmar”;
  6. Por fim, é necessário enviar imagens do documento de identificação. O usuário deve selecionar um documento (no caso, o que ele tem em mãos) e seguir as instruções do aplicativo para o envio.
Publicidade

A atualização pode levar até 48 horas para ser realizada. Caso seja constatado algum problema, o cliente da Caixa deve se dirigir até uma agência do banco para verificar o que pode ter acontecido.

Publicidade

Se a atualização for realizada com sucesso, os recursos do Microcrédito serão desbloqueados e o usuário poderá realizar a contratação que desejar.

Veja também: IPVA 2022 MT: pagamento com 5% de desconto se encerra na próxima segunda-feira (11)

Redatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais. Adora sentir que está fora da própria bolha.

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário