Dicas para não cair em golpes na compra de carro usado

A compra de um carro usado exige uma série de cuidados para fazer um bom negócio, por isso confira dicas para evitar golpes nessa hora.

Com a recente falta de insumos para a produção de veículos zero km e a crise financeira que o Brasil vem enfrentando em 2021, os veículos seminovos passam por um momento de valorização. Com o crescimento deste mercado, muitos consumidores procuram dicas para acertar na compra de um carro usado.

Uma das principais preocupações de motoristas na hora de comprar um veículo usado é com os golpes, já que as negociações costumam envolver altos valores.

Publicidade

Publicidade

Por conta disso, o CEO do aplicativo de compra e venda de carros usados e seminovos “Dryve”, Daniel Abbud, listou algumas dicas para que os consumidores evitem golpes.

Dicas para não cair em golpes na compra de carro usado

Veja também: Compra de carros usados aumentou em 2021. É um bom momento para financiamento de veículos?

5 dicas para evitar golpes na compra de um carro usado

De acordo com Abbud, os cinco procedimentos que podem ajudar as pessoas a evitar golpes na hora de comprar um veículo usado são os seguintes:

Publicidade

Publicidade

  1. Pesquisar pela placa ou RENAVAM do veículo – Como estes dados não podem ser alterados, essa pesquisa permite que você conheça o histórico do veículo para saber que não há nada de errado com ele nem débitos em aberto, como multas ou taxas de licenciamento ou IPVA em atraso;
  2. Comparar com o preço da Tabela FIPE – Este sistema é usado como base para negociações de veículos, então uma consulta no site da Tabela FIPE permite que você confira o valor médio do modelo em questão. Se o valor estiver muito abaixo da média, desconfie e questione sobre os motivos;
  3. Investigar o vendedor – Caso você está negociando um veículo com uma loja, peça o CNPJ da empresa para checá-la no site da Receita Federal ou no Serasa. Além disso, sites como o Reclame Aqui também podem ser úteis para conferir a procedência do estabelecimento. Em caso de compra com vendedor particular, também vale pesquisar sobre a pessoa para saber se é de confiança;
  4. Priorize o uso de intermediários – Além das ferramentas que os próprios sites e aplicativos de compra e venda oferecem para intermediar negócios, também há empresas especializadas em acompanhar esse processo para garantir mais segurança e otimização de tempo. Se for possível, procure contratar uma delas;
  5. Evite pagamentos antecipados – Esta é uma dica simples e muito importante. Segundo Abbud, o ideal é pagar apenas depois da assinatura do contrato de compra, pois há golpistas que chegam a emitir boletos falsos.

IPVA mais caro em 2022? Entenda

Outra questão a se considerar antes da compra de um carro usado é o valor previsto para o seu IPVA em 2022. Além de checar se o imposto do veículo está em dia, é importante calcular de quanto deverá ser o seu IPVA no ano que vem, com base na Tabela FIPE e na alíquota do seu estado.

Afinal, há uma expectativa que o IPVA fique mais caro em 2022, por conta da recente valorização dos seminovos. Como os carros estão mais caros neste ano, a valorização deve refletir no valor do imposto.

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário