Auxílio emergencial: cuidado com os aplicativos falsos – Veja como se proteger!

A Kaspersky, empresa de software antivírus, identificou vários aplicativos falsos na Play Store, loja de apps do Google, envolvendo o auxílio emergencial 2021.

De acordo com a empresa, os aplicativos falsos são adwares, que são programas criados para distribuir publicidade no celular ou computador. Tais contaminações não são tão graves como o malware ou vírus, mas podem abrir brecha para golpes.

Publicidade

Publicidade

Confira, aqui, como funcionam esses aplicativos falsos e o que fazer para se proteger e evitar ser vítima de fraudes envolvendo o auxílio emergencial 2021!

mãos com celular

Como funcionam os apps falsos do auxílio emergencial?

Os aplicativos falsos do auxílio emergencial agem de maneira abusiva, exibindo muita propaganda sempre de maneira invasiva. A ideia é fazer com que o usuário abra mais vezes o aplicativo e visualize os anúncios.

Para isso, disparam diversas notificações durante o dia, sempre em períodos curtos, para chamar a atenção do usuário e fazer com que abra o aplicativo mais vezes durante o dia.

Publicidade

Publicidade

Na prática, os aplicativos com adwares são mais intrusivos, feitos para atrapalhar, mas não apresentam uma grande ameaça. O problema está em dois pontos, sendo que um deles é a solicitação de dados pessoais.

Alguns aplicativos falsos do auxílio emergencial chegam a solicitar dados como o número do PIS, extrato do FGTS ou código de identificação do Cartão Cidadão. Quando os fornece, há altas chances de golpe.

Outro ponto é que existe a possibilidade de desenvolvedores dos aplicativos falsos encaminharem atualizações para os apps envolvendo mecanismos de phishing.

O phishing que é uma técnica utilizada para enganar e obter dados pessoais como CPF, cartão de crédito, senhas de contas bancárias, entre outras informações.

No phishing, o criminoso encaminha mensagens aparentemente reais, fazendo com que preencha um formulário passando seus dados sem perceber que se trata de um golpe.

De acordo com a Kaspersky, a Play Store tem aplicativos falsos do auxílio emergencial com mais de 500 mil downloads. Em 2020, o benefício também foi alvo de apps falsos e golpes que fizeram mais de 7 milhões de vítimas.

Como se proteger de apps falsos do auxílio emergencial?

Publicidade

Publicidade

Uma das principais dúvidas envolvendo os aplicativos falsos do auxílio emergencial é o que fazer para se proteger e evitar ser vítima de golpes. Existem algumas dicas que você pode colocar em prática, como as que são listadas a seguir:

Verifique se o aplicativo é oficial do governo

Antes de baixar qualquer aplicativo do auxílio emergencial, sempre verifique se ele é o oficial do governo. Isso pode ser visto diretamente na Play Store, na página do app. É preciso que a ferramenta tenha sido desenvolvida por um órgão do governo.

Em caso de dúvida, acesse o site oficial da Caixa Econômica Federal ou do Ministério da Cidadania, na página do auxílio emergencial, e faça o download por esse canal.

Consulte e considere informações do governo

Antes de baixar qualquer aplicativo, consulte e considere informações do governo federal sobre o auxílio. Por exemplo, em 2021 não há novas inscrições para receber o benefício. Se o aplicativo diz que você pode realizá-las, desconfie e não faça o download ou forneça seus dados.

Não forneça dados pessoais em aplicativos suspeitos

Publicidade

Desconfie sempre que o aplicativo pedir muitos dados pessoais para realizar algum procedimento. No caso do auxílio emergencial, por exemplo, o governo solicita somente CPF, data de nascimento, nome completo e nome da mãe para consultas. Mais do que isso, desconfie.

Publicidade

Suspeite de links encaminhados por e-mail, SMS e WhatsApp

Links encaminhados por e-mail, SMS e WhatsApp de pessoas desconhecidas ou mensagens com conteúdo suspeito são potenciais tentativas de golpe. Não clique no link, muito menos abra arquivos.

Instale um antivírus

Existem aplicativos de antivírus gratuitos que conseguem identificar vulnerabilidades em tempo real e bloqueá-las. Portanto, são ferramentas ideais para evitar o roubo de dados e fraudes.

Entre as principais alternativas de antivírus disponíveis no mercado há o da Kaspersky, bem como o Avast, AVG, Bitdefender, Avira e Panda Security. Esses apps possuem versões gratuitas e pagas, caso queira ter acesso a mais opções de segurança.

Não forneça senhas

Publicidade

Publicidade

Fique atento e desconfie se senhas de contas ou cartões forem solicitadas pelo aplicativo. Instituições financeiras não pedem esse tipo de informação ao usuário em formulários de cadastro, por exemplo.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário