MUITO CUIDADO com este GOLPE do Saque-Aniversário do FGTS

Alexandre G. Peres

09/09/2022

A Caixa Econômica Federal alerta: criminosos estão utilizando o Saque-Aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para aplicar golpes, zerar a conta dos clientes e ainda contratar empréstimos.

Entenda a seguir como esse novo golpe do momento vem sendo aplicado e aprenda a se prevenir!

Novo golpe do Saque-Aniversário

O golpe funciona da seguinte maneira: os golpistas acessam o aplicativo do FGTS da vítima, muitas vezes utilizando outro e-mail ou número de telefone caso o trabalhador não tenha cadastro, e escolhem a opção do “Saque-Aniversário”.

Além de efetuar o Saque-Aniversário, sacando parte do valor do FGTS, os criminosos também causam outros prejuízos, como ao contratar empréstimos no nome da vítima.

Outro agravante é o de que, com o criminoso selecionando a opção de “Saque Aniversário do FGTS“, que permite sacar parte do fundo todos os anos, sempre no mês de seu aniversário, o trabalhador também perde o direito ao Saque Rescisão em caso de demissão sem justa causa.

Ou seja, os efeitos do golpe podem ser sentidos por muito tempo após a aplicação.

O que fazer em caso de suspeita de golpe?

Caso você suspeite que alguém tenha feito um saque do FGTS de sua conta sem a sua permissão, você deve notificar a Caixa Econômica Federal o quanto antes. Depois disso, ela analisará o seu caso e, caso confirme a invasão, restituirá os valores à sua conta.

Caso o saque dos criminosos ainda não tenha sido feito, mas você tenha notado uma solicitação de adesão ao Saque-Aniversário (que não é automática, cabendo ao trabalhador requisitar a transação), você também deve entrar em contato com a Caixa.

A análise do primeiro caso (em que o saque já foi efetuado) é um pouco mais demorada, tendo um prazo de até 60 dias para a conclusão. Já a análise do segundo (apenas a adesão ao Saque-Aniversário foi solicitada) é mais rápida: em 15 dias úteis a Caixa já terá concluído a análise e voltará sua conta ao estado normal.

Você também pode gostar de ler:
Governo autoriza uso do FGTS para FINANCIAMENTO DE CASA

Alexandre G. Peres
Escrito por

Alexandre G. Peres

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação, revisão e editoração de textos para Web.