Nubank: Pesquisa realizada em conta oficial no Twitter aponta perfil do cliente do Nubank

Nubank utiliza estratégia no Twitter para divulgar pesquisa da Mambu, que o coloca como o banco favorito entre jovens de 18 a 35 anos

Uma pesquisa chamada The State of Young Adult Banking in the Region,que pode ser traduzida livremente para o português como “O estado bancário dos jovens adultos por região”, aponta que o Nubank é a instituição financeira preferida entre pessoas de 18 a 35 anos de idade. 

Esse levantamento foi feito pela Mambu, empresa líder em tecnologia bancária na nuvem, mas, como a fintech é ativa nas redes sociais, para justamente conversar com o público alvo, ela foi confirmada no Twitter nesta semana

Publicidade

Publicidade

A estratégia foi efetiva. O banco publicou um tweet com uma pergunta, com uma linguagem informal e direcionada: “Gente, qual a idade de vocês? Só pra gente ver um negócio aqui mesmo”. Segundos depois, diversos usuários começaram a responder, informando suas idades, que realmente variavam de acordo com o que a pesquisa da Mambu demonstrou. 

Nas respostas mais divertidas, o Nubank respondia o internauta e aumentava ainda mais o engajamento. E, para finalizar a postagem com chave de ouro no Twitter, a instituição divulgou a pesquisa The State of Young Adult Banking in the Region, que comprova o que os tweets informaram.  

O que os jovens procuram nos bancos?

Nubank: Pesquisa realizada em conta oficial no Twitter aponta perfil do cliente do Nubank
Nubank é o banco preferido entre jovens de 18 a 35 anos, de acordo com Mambu. (Imagem: Divulgação / Nubank)

Não é a primeira vez que o Nubank se destaca em pesquisas. Ele já foi eleito o melhor banco brasileiro em ranking global da Forbes, o melhor banco digital entre os paulistanos, o melhor banco digital da América Latina em 2021 e o cartão de crédito preferido dos brasileiros. 

Publicidade

Publicidade

Mas o que o torna o preferido entre jovens adultos de 18 a 35 anos? De acordo com a própria fintech, esse é o resultado de oferecer produtos digitais, sem tarifas abusivas e com um atendimento transparente. 

O que, de fato, parece estar acontecendo, e que foi potencializado pela pandemia de covid-19, é a migração para os bancos digitais. De acordo com a Mambu, 54% dos jovens brasileiros já optaram por esse tipo de serviço. Entre pessoas com nível socioeconômico mais baixo, a aceitação aumenta para 61%. 

A presença nas redes sociais, tarifas zeradas e facilidade de não precisar ir até um banco também são fatores decisivos para preferência. 

Como criar uma conta no Nubank?

Os interessados em abrir uma conta no Nubank precisam seguir os seguintes critérios: 

  • Ter, no mínimo, 18 anos de idade;
  • Fornecer o número de seu CPF;
  • Cadastrar um endereço de e-mail;
  • Ser residente no Brasil;
  • Ter um smartphone compatível com o aplicativo para Android (versão 4.4 ou superior) ou iOS (versão 10 ou superior).

O passo a passo é bem simples:

  1. Entre no site oficial do Nubank;
  2. Clique em “Quero Ser Nubank” que aparece nesta página;
  3. Preencha com seu nome completo, CPF e email;
  4. Clique em “Quero Ser Nubank”;
  5. Aguarde alguns dias para a confirmação dos dados e pronto!

Ao fazer isso, o cliente tem acesso a uma “Conta de Pagamento”, que permite que ela seja aplicada em Títulos Públicos Federais e que o saldo fique sempre rendendo. É importante ressaltar que ter uma conta não significa que a fintech vai enviar o cartão de crédito automaticamente. Esses dois serviços são distintos.

Publicidade

Publicidade

Em alguns casos, uma pessoa está com a conta aberta, mas tem o cartão negado. Isso pode acontecer por problemas de crédito, pela fintech não conseguir atender o perfil da pessoa em questão e, principalmente, pela falta de informações disponíveis sobre quem solicita o cartão.

Se essa for a situação enfrentada, as orientações são:

  • Aguardar, pelo menos, três meses para fazer um novo pedido, pois o método de análise e as informações de mercado disponíveis sobre o interessado mudam com o tempo;
  • Mesmo sem o cartão de crédito, usar a conta gratuita do Nubank, para que o banco tenha a oportunidade  de verificar hábitos do consumidor. 

Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário