O que é o CRV do veículo? Por que ele é tão importante?

O que é o CRV do veículo? Por que ele é tão importante?

Um dos documentos que todo proprietário de veículo deve possuir é o CRV. Esse é um documento que comprova a propriedade do veículo e é de grande importância.

O porte do CRV não é obrigatório, mas esse é documento que o motorista precisa ter em mãos na hora de fazer a transferência do veículo para outra pessoa, por exemplo.

Publicidade

Publicidade

A seguir, você fica sabendo o que é o CRV, quais informações podem ser encontradas no CRV, qual a diferença entre CRV e CRLV e quais documentos são necessários para solicitar uma nova via do CRV. Confira!

O que é o CRV?

O que é o CRV do veículo? Por que ele é tão importante?
Entenda o que é o CRV do veículo e por que esse documento é tão importante. Descubra também qual é a diferença entre CRV e CRLV e mais! (Imagem: Reprodução/Internet)

CRL é a sigla para Certificado do Registro do Veículo. Esse documento também é conhecido como o “recibo” de compra e venda do veículo, garantindo a posse do veículo. Não é necessário que o condutor mantenha esse documento consigo, enquanto estiver circulando com o veículo.

O CRV também é conhecido como Documento Único de Transferência (DUT) ou recibo de transferência de propriedade.

Publicidade

Publicidade

Esse é um documento que o condutor pode deixar guardado em casa, diferente do CRLV (que corresponde ao Certificado de Licenciamento Anual do veículo) e da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Apesar de não ser necessário portar esse documento, é importante que o motorista se preocupe em mantê-lo bem conservado.

De modo geral, o CRV é um documento indispensável, já que é ele que garante o automóvel está sob a propriedade de determinado motorista.

Quais informações podem ser encontradas no CRV?

O documento possui informações importantes sobre o veículo, como as características físicas e outros dados que permitem às autoridades consultar o histórico do automóvel, além de confirmar a identidade do proprietário.

Nesse sentido, as informações que aparecem são as seguintes:

  • Código do Renavam;
  • CPF OU CNPJ;
  • Nome do proprietário;
  • Endereço;
  • Placa e chassi do veículo;
  • Tipo de combustível;
  • Ano do modelo;
  • Ano de fabricação;
  • Tipo de veículo;
  • Modelo/marca;
  • Categoria;
  • Cor predominante.
  • Observações sobre a situação do veículo;
  • Registro Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas;
  • Nome do antigo proprietário;
  • Nome da cidade e data;
  • Local de registro;
  • Número da via;
  • Capacidade/potência;
  • Data de emissão do documento.

Qual a diferença entre o CRV e o CRLV?

Como comentamos anteriormente, o CRLV é o documento que o motorista deve portar, pois se trata do documento que garante que a situação do veículo esteja regularizada e que o automóvel pode circular pelo território brasileiro.

Sendo assim, o motorista que é flagrado sem portar o CRLV deve receber uma multa de R$ 293,47 e ainda receber 7 pontos na carteira. Isso porque andar sem esse documento é considerado uma infração gravíssima.

Publicidade

Publicidade

Desse modo, a primeira diferença entre os dois documentos é que o CRV não é um documento de porte obrigatório.

Outra diferença entre o CRV e o CRLV é a validade deles. O primeiro não precisa ser renovado, enquanto o segundo precisa. A renovação do segundo acontece no momento em que o motorista faz o pagamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores).

O CRV somente precisa ser atualizado em caso de venda e compra do veículo. Afinal de contas, ele atua como se fosse uma espécie de recibo, que garante que o automóvel é propriedade de alguém.

A atualização do certificado ou recibo também deve ser feita nas seguintes situações, além da já mencionada transferência de propriedade:

  • o proprietário do veículo mudar de endereço para para outro município;
  • alguma característica do veículo for alterada, como a cor;
  • ou houver mudança na categoria do automóvel (transição de aluguel para particular, por exemplo).

Quais documentos são necessários para emitir uma nova via?

Publicidade

Em caso de perda ou extravio do CRV, o motorista irá precisar dos seguintes documentos para solicitar a emissão de uma 2ª via do documento:

Publicidade

  • RG ou CNH OU CPF original e cópia;
  • Comprovante de residência no nome do proprietário original e cópia;
  • Boletim de ocorrência original e cópia nos casos de furto do CRV;
  • Declaração de perda ou extravio autenticada do CRV quando for o caso;
  • CRV, quando o mesmo estiver rasurado, rasgado ou com quaisquer outros danos;
  • Comprovante bancário de quitação de débitos caso o veículo apresente alguma pendência.

Veja também: Novo EMPRÉSTIMO de R$ 1 mil é liberado para quem ATUALIZAR o aplicativo do CAIXA TEM; veja como fazer

Elouise LopesRedatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais.
Veja mais ›
Fechar