O valor do Auxílio Brasil será de R$ 400 permanentemente, de acordo com líder do Governo

O valor do Auxílio Brasil será de R$ 400,00 permanentemente, conforme um dos líderes do governo, e, portanto, esta é uma notícia importante para as famílias que precisam desse valor para sobreviver e dar de comer aos filhos, visto que o desemprego permanece em alta no Brasil, assim como o preço da gasolina e alimentos.

Qual era a previsão do benefício?

O benefício possuía uma previsão de R$ 224,41 para 2023, patamar semelhante ao que é pago no mês de novembro aos beneficiários do Auxílio Brasil.

Publicidade

Publicidade

Em vista disso, será necessário que haja a aprovação da PEC dos Precatórios, que está em relatório na Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal.

O valor do Auxílio Brasil será de R$ 400 permanentemente, de acordo com líder do Governo (2)
Fonte/Reprodução: original

O foco principal é colocar esta proposta em pauta no dia 24 de novembro de 2021, ou seja, dentro de dois dias, para haver um novo valor nos próximos anos, e será preciso que o governo apresente fontes de recursos.

Quais são as expectativas atuais?

Atualmente, o valor do Auxílio Brasil será de R$ 400,00 de forma permanente, algo que até pouco tempo não havia nenhuma previsão às famílias de baixa renda, preocupadas com o que poderiam fazer daqui para frente sem o Bolsa Família.

Publicidade

Publicidade

Com esse valor, as famílias conseguirão se reorganizar de melhor maneira, além de terem o que comer ao mês, fora outros benefícios às gestantes, mães que possuem bebês com 3 anos incompletos, crianças e adolescentes menores de 18 anos.

Quem terá direito?

Os valores do Auxílio Brasil foram pagos às famílias de baixa renda inseridas no Cadastro Único, que mantiveram as informações devidamente atualizadas como havia sido solicitado há um certo tempo.

O Auxílio Brasil será o substituto oficial do Bolsa Família no ano de 2021, e já está em vigor desde o último dia 17, onde se deu início aos pagamentos para cerca de 14,5 milhões de beneficiários.

Para ser possível realizar os pagamentos devidamente entre novembro e dezembro, o Governo Federal optou por aumentar a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), tanto para pessoas físicas quanto empresas.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário