Saque do FGTS vai ter apenas um pagamento essa semana; descubra quem recebe

Saque do FGTS vai ter apenas um pagamento essa semana; descubra quem recebe
Apenas nascidos em outubro vão receber o saque do FGTS nesta semana. (Imagem: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Nesta semana, apenas um grupo vai ter direito ao Saque do FGTS: os nascidos em outubro, que vão receber o dinheiro no dia primeiro de junho. Agora, os depósitos de até R$1000 serão feitos uma vez por semana, até 15 de junho, quando o cronograma será encerrado. 

O Saque Extraordinário é o nome oficial do saque do FGTS. Ele é depositado uma única vez na Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores que ainda não a têm. A previsão é de que R$ 30 bilhões serão liberados para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores.

Publicidade

Publicidade

Quem pode ter acesso ao Saque do FGTS?

Saque do FGTS vai ter apenas um pagamento essa semana; descubra quem recebe
Apenas nascidos em outubro vão receber o saque do FGTS nesta semana. (Imagem: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Qualquer pessoa com uma conta do FGTS, ativa ou inativa, com dinheiro tem direito ao saque do FGTS. O valor disponibilizado será correspondente à quantia existente nesta conta. Se o trabalhador tiver mais de uma conta, a Caixa segue uma ordem de prioridade:

  • Primeiro, são priorizadas as contas relativas a contratos de trabalho extintos, com início pela conta que tiver o menor saldo;
  • Em segundo lugar, as demais contas vinculadas são usadas, com início pela conta que tiver o menor saldo até chegar ao limite de R$1000. 

Os valores que estiverem bloqueados na conta do Fundo de Garantia, como operações de crédito de antecipação do Saque Aniversário, não estarão disponíveis para o saque do FGTS. 

Os próximos saques serão:

Publicidade

Publicidade

  • Nascidos em outubro: 01/06;
  • Nascidos em novembro: 08/06;
  • Nascidos em dezembro: 15/06. 

Como movimentar o dinheiro?

O dinheiro deve ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele, é possível pagar boletos e contas, utilizar o cartão de débito virtual para pagamento em lojas, sites ou aplicativos e para fazer compras em supermercados, padarias e farmácias com o pagamento via QR code nas maquininhas.

As outras opções para usar o dinheiro são transferi-lo para outras contas bancárias da CAIXA ou de outro banco, fazer um Pix ou sacar a quantia em terminais de autoatendimento da CAIXA e nas casas lotéricas.

Como negar o acesso ao saque do FGTS?

Se não houver desejo de ter acesso à quantia disponibilizada, a pessoa deve acessar o Aplicativo FGTS ou se dirigir a uma das agências do banco para informar que não quer receber o crédito até 10 de novembro. Outra opção, caso o dinheiro já tenha sido transferido para a Conta Poupança Social Digital, é não mexer no valor, para que o recurso retorne à conta do FGTS depois de 15 de dezembro. 

Aplicativo FGTS

Pelo aplicativo FGTS, o trabalhador consegue consultar a data prevista para pagamento do saque do FGTS, verificar o valor que será creditado, informar que não tem interesse em receber o benefício automático e ainda atualizar informações pessoais. 

Passo a passo para atualizar o cadastro, caso o repasse do valor não tenha sido feito automaticamente:

  1. Acesse o App FGTS;
  2. Entre no menu “Saque Extraordinário”;
  3. Confirmar/complemente os dados cadastrais;
  4. Clique em “Solicitar Saque” para liberação do valor.

Em caso de dúvida, os trabalhadores podem acessar o menu “Saque Extraordinário”, no app FGTS, ou entrar em contato pela central de atendimento pelo telefone 4004-0104, para capitais e regiões metropolitanas, e o 0800 104 0104 para demais regiões.

Como surgiu o saque do FGTS?

Publicidade

Publicidade

O saque do FGTS foi lançado em conjunto com o programa Renda e Oportunidade do Governo Federal. O objetivo do pacote de ações é reduzir o comprometimento da renda e endividamento das famílias que foram impactadas financeiramente pela pandemia de covid-19 nos últimos anos. 

Outras medidas que foram lançadas são a antecipação do 13º para aposentados e pensionistas do INSS, crédito para microempreendedores (Empréstimo Caixa Tem SIM Digital) e empréstimos consignados para quem recebe benefícios assistenciais, como o Auxílio Brasil. Com esse programa, o Governo Federal estima injetar mais de R$ 160 bilhões na economia. 

Marina DarieFormada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
Veja mais ›
Fechar