Você ainda pode ter R$ 1.000 do FGTS pra sacar

Você ainda pode ter R$ 1.000 do FGTS pra sacar
Trabalhadores ainda podem sacar até R$ 1.000 do FGTS com o saque extraordinário. Foto: Shutterstock

Trabalhadores com conta vinculada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ainda podem sacar até R$ 1.000 do saldo disponível.

Isso porque o saque extraordinário do FGTS continua disponível para retirada, mesmo após a conclusão do calendário de liberação dos recursos.

Publicidade

Publicidade

Confira a seguir quem pode fazer o saque de até R$ 1.000 do FGTS, até quando o trabalhador pode retirar o valor que tem direito e como fazer isso.

Quem pode sacar R$ 1.000 do FGTS?

Você ainda pode ter R$ 1.000 do FGTS pra sacar
Trabalhadores ainda podem sacar até R$ 1.000 do FGTS com o saque extraordinário. Foto: Shutterstock

O saque extraordinário do FGTS está disponível para todos os trabalhadores com conta no fundo, inclusive para quem estiver desempregado.

valor máximo que cada trabalhador pode retirar de sua conta é de R$ 1.000, mesmo se ele tiver mais de uma conta do FGTS. Enquanto isso, para quem tem menos de R$ 1.000 no fundo, o máximo disponível para saque é o valor do saldo em conta.

Publicidade

Publicidade

Até quando posso sacar o dinheiro?

O saque extraordinário do FGTS fica disponível para os trabalhadores até o dia 15 de dezembro. Após esta data, o dinheiro retornará para a conta de origem caso o trabalhador não retire o valor que tiver direito.

Sendo assim, quem não quiser fazer o saque só precisa deixar de movimentar até esta data. Outra opção é pedir o cancelamento do saque, seguindo os passos que já mostramos aqui.

Como sacar o dinheiro do FGTS?

A Caixa Econômica Federal realizou os pagamentos do saque extraordinário apenas pelo Caixa Tem, inclusive para quem não tinha este tipo de conta. No caso dos trabalhadores que não tinham conta no Caixa Tem, o banco abriu uma em seu nome para fazer o depósito.

Portanto, para sacar a parcela de até R$ 1.000 do FGTS, basta baixar o aplicativo Caixa Tem gratuitamente na loja de aplicativos do seu celular e acessar a conta informando seus dados.

Em seguida, o trabalhador pode fazer compras ou pagar contas com o dinheiro disponível pelo próprio aplicativo, ou transferir o valor para uma conta de sua titularidade. No caso dos usuários que desejam fazer a transferência para sacar o dinheiro, é possível fazer isso por meio do Pix.

Felipe MatozoJornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
Veja mais ›
Fechar