5 dicas para aumentar seu score no Serasa

Está com o score baixo na Serasa? Veja três dicas que vão auxiliar a aumentá-lo. Em setembro, 62,21 milhões de pessoas estavam inadimplentes.

Os dados mais recentes do Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas no Brasil divulgados pela Serasa mostram que 62,21 milhões de pessoas estavam inadimplentes em setembro, o que representa uma retração de 0,06% na comparação com agosto. Esse  é o valor mais baixo desde abril deste ano, quando foram registrados 62,98 milhões de brasileiros com contas em atraso.

Ainda sim, o valor das dívidas aumentou em setembro. Foi registrada alta de 0,34% na comparação com agosto, o que totalizou R$ 245,3 bilhões. A média dos valores da dívida é de R$ 3.944 por pessoa e de R$ 1.177 por dívida. As contas com maiores níveis de inadimplência foram:

Publicidade

Publicidade

  • Cartão de crédito (28,7%);
  • Água e luz (23,5%);
  • Varejo (13%).

Os números revelam que os brasileiros estão buscando oportunidades de renegociar com condições diferenciadas e que as empresas credoras entendem cada vez mais a importância de oferecer essas condições para os brasileiros renegociarem: só em setembro, foram mais de R$ 3,27 bilhões de descontos concedidos em renegociações pelo Serasa Limpa Nome”, afirma a gerente da Serasa, Nathalia Dirani.

Endividamento entre as famílias

Como aumentar o Score da Serasa com três dicas simples
Como aumentar o Score da Serasa com três dicas simples? Entenda. (Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

Existe uma diferença, que poucos conhecem, entre o que é estar inadimplente e endividado. De uma forma geral, o primeiro termo é mais preocupante pois demonstra que as pessoas então com contas atrasadas. Já o segundo, abrange consumidores que têm dívidas, como com o cartão de crédito em um pagamento parcelado ou financiamento de um bem.

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada no início de novembro pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), aponta que 74,6% das famílias brasileiras estão endividadas. Esse aumento foi a 11ª alta mensal consecutiva.

A inflação corrente elevada e disseminada tem deteriorado os orçamentos domésticos e diminuído o poder de compra das famílias, em especial as na faixa de menor renda. Os números demonstram os esforços em manter os compromissos financeiros em dia, com renegociação e melhor controle dos gastos”, avalia o presidente da CNC, José Roberto Tadros.

Qual a relação entre inadimplência e o score da Serasa?

Quando um consumidor está inadimplente, ele pode ter dados negativos no score da Serasa, que é um modelo estatístico calculado com base em informações relevantes para a análise de risco de crédito. Ele utiliza dados cadastrais, histórico de consultas, dados negativos e positivos (caso possua o Cadastro Positivo ativo).

Publicidade

Publicidade

A pontuação dele vai de 0 a 1000 e indica as chances de o consumidor pagar suas contas corretamente nos próximos 6 meses. A classificação é dividida da seguinte maneira:

  • Muito bom: de 701 a 1000 pontos;
  • Bom: de 501 a 700 pontos;
  • Regular: de 301 a 500 pontos;
  • Baixo: de 0 a 300 pontos.

Ele é calculado com base na composição:

  • Pagamento de crédito (43,6%);
  • Consultas para serviços de crédito (19,3%);
  • Histórico e pagamento de dívidas (19,1%);
  • Crédito contratado e tempo de uso do crédito (18%).

Normalmente, esse score é verificado pelos bancos e instituições financeiras quando um cliente solicita um financiamento ou crédito em geral, pois a avaliação indica se a pessoa é uma boa pagadora ou não.

Como aumentar o Score?

Para aumentar o score na Serasa, algumas dicas sugeridas pela própria instituição podem auxiliar o consumidor brasileira. Veja quais são elas:

  • Manter o cadastro positivo ativo: Ao manter o Cadastro Positivo ativo, os bancos e o mercado em geral, conseguem ter mais informações sobre o consumidor, o que auxilia em uma análise mais assertiva do perfil de crédito;
  • Atualizar os dados junto à Serasa: Entre no site ou aplicativo da Serasa com login e senha; Visite o seu perfil; Entre no menu “Dados cadastrais”; Clique em “Informações pessoais” e confira todos os dados;
  • Pague as contas em dia: Se possível, inclua todas as contas no débito automático. Para fazer isso, basta fazer a solicitação para empresas de energia elétrica, telefonia e gás.

A Serasa alerta que não é possível pagar para aumentar o score. Muitos golpistas tentam ludibriar consumidores inadimplentes a fazer isso, mas a Serasa não reconhece essa prática.

Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário