7 documentos que você pode utilizar como Comprovante de Renda

Confira sete documentos que podem servir como comprovante de renda para contribuintes que trabalham com carteira assinada ou não.

Existem diversas situações em que é necessário comprovar renda, como pedidos de empréstimo e compras de veículos, por exemplo, mas nessas horas algumas pessoas podem ficar confusas sobre os documentos que servem como comprovante.

Para ajudar nessa questão, confira a seguir sete documentos que podem servir para comprovar renda, tanto para quem trabalha com carteira assinada quanto para autônomos, microempreendedores e beneficiários do INSS.

Publicidade

Publicidade

1 – Holerite

Também conhecido como contracheque, o holerite é a forma mais comum de comprovar renda para quem trabalha com carteira assinada.

Afinal, este documento informa em detalhes o salário bruto do trabalhador e o valor líquido após os descontos. Normalmente, as instituições pedem os últimos três holerites para comprovação de renda.

7 documentos que você pode utilizar como Comprovante de Renda
Veja sete documentos que podem servir como comprovante de renda. Foto: Kindle Media/Canva

2 – Carteira de Trabalho

Caso o trabalhador não consiga reunir os holerites mais recentes, ele também pode apresentar a Carteira de Trabalho, que tem a mesma função.

Publicidade

Publicidade

No entanto, para quem ganha acima do valor registrado na carteira, por conta de comissões de vendas o bônus de participação nos lucros, por exemplo, a carteira pode não ser suficiente, dependendo da situação em que é necessário comprovar renda.

3 – Extrato Bancário

Este é um documento que serve como comprovante de renda para quem trabalha com carteira assinada quanto para quem não tem registro formal de emprego.

Mas é importante destacar que algumas instituições não aceitam o extrato bancário como comprovante de renda, então é importante checar esta possibilidade antes.

4 – DECORE

Assim como o extrato bancário, a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore) também serve como comprovante de renda para quem não trabalha com carteira assinada.

Por isso, esta é uma das opções mais utilizadas por autônomos e pequenos empresário. Porém, o DECORE deve ser feito por um contador para ter validade.

5 – Declaração de Imposto de Renda

Para os contribuintes que precisam declarar Imposto de Renda, é possível apresentar este documento para comprovar seus rendimentos.

6 – DASN-SIMEI

Publicidade

Publicidade

No caso dos trabalhadores que atuam como Microempreendedores Individuais (MEI), é possível usar a Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional (DASN) com comprovante de renda.

Este é um documento que o MEI precisa emitir todos os anos para comprovar a receita do seu empreendimento.

7 – Extrato de pagamento do benefício INSS

Por fim, no caso de aposentados e pensionistas do INSS, os extratos de pagamento do benefício também podem servir como comprovante de renda.

Veja também: Imposto de Renda 2022 – 14 milhões de pessoas ainda não declararam; prazo termina este mês

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário