Agende a revisão da perícia do INSS para não perder o Auxílio Doença. Entenda

perícia inss auxílio doença
Beneficiários do auxílio-doença que caíram no pente-fino do INSS têm até dia 19/11 para agendar perícia. Foto: Agência O Globo

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) prorrogou o prazo para que mais de 85 mil beneficiários do auxílio por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) agendem perícia médica para não perder o benefício.

Inicialmente, o prazo do pente-fino do INSS terminaria nessa quinta-feira (11/11), mas o instituto emitiu um comunicado informando que os segurados devem agendar a perícia até a sexta-feira da próxima semana, dia 19 de novembro.

Publicidade

Publicidade

Os segurados que estão com o nome na lista do pente-fino do INSS podem fazer o agendamento por meio do site ou aplicativo Meu INSS ou pelo telefone 135. Segundo o instituto, quem não agendar a perícia pode ter o benefício suspenso a partir do dia 19/11.

perícia inss auxílio doença
Beneficiários do auxílio-doença que caíram no pente-fino do INSS têm até dia 19/11 para agendar perícia. Foto: Agência O Globo

Quem deve agendar a perícia?

Devem participar do pente-fino do INSS beneficiários do auxílio por incapacidade temporária (auxílio-doença) que não fazem perícia médica há pelo menos seis meses.

Em setembro, o instituto publicou um edital de convocação com mais de 95 mil nomes de segurados chamados para o pente-fino, mas apenas 10.397 fizeram o agendamento. Para saber se o seu nome está na lista, é só acessar o documento no portal gov.br.

Publicidade

Publicidade

Como agendar perícia para não perder o Auxílio-Doença?

Conforme nós já mostramos aqui, o agendamento de perícia médica é um procedimento simples. Para os segurados que desejam agendar por meio da plataforma Meu INSS, os passos são os seguintes:

  1. Acesse o site do Meu INSS;
  2. Faça login clicando em “Entrar com gov.br” ou crie um novo cadastro no sistema;
  3. Na sequência,  selecione “Agendar Perícia” e depois “Novo Requerimento”;
  4. Na etapa seguinte, é preciso escolher entre “Perícia Inicial” se for a primeira vez, ou então “Perícia de Prorrogação” caso já esteja em benefício;
  5. Após isso, é só seguir as orientações da tela e informar os dados necessários para concluir o pedido.

No dia da perícia, é preciso apresentar documentos pessoais e a documentação médica disponível, como laudos, exames e atestados. É importante destacar que a perícia pode ser feita em qualquer unidade do INSS.

O resultado da perícia fica disponível após as 21 horas do dia em que ela for realizada, e pode ser consultado pelo Meu INSS ou pelo telefone 135.

Em caso de dúvidas, entre em contato com o INSS pelos mesmo canais de atendimento, e se houver alguma pendência no benefício solicite o serviço “Acerto Pós perícia”.

Felipe MatozoJornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
Veja mais ›
Fechar