Auxílio Emergencial 2021: Deputados acreditam em continuidade do pagamento do auxílio em 2021

No ano de 2020, muito foi atrapalhado devido a pandemia do corona vírus, que assolou não somente o mundo inteiro, mas principalmente o Brasil e a economia local.

Um dos programas criados pelo governo para conseguir ajudar as famílias de baixa renda durante essa grande dificuldade foi o auxílio emergencial, do qual, teve seu fim registrado no mês de dezembro de 2020.

Mas, muito ainda é debatido sobre a extensão do programa, dividindo opinião entre várias pessoas, desde as do mais alto escalão, como é o caso de políticos até demais especialistas.

Veja abaixo informações completas sobre esse assunto e fique por dentro.

Auxílio Emergencial 2021: Deputados acreditam em continuidade do pagamento do auxílio em 2021

Auxílio Emergencial 2021: Deputados acreditam em continuidade do pagamento do auxílio em 2021

O candidato à presidência da Câmara, o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), disse recentemente em uma entrevista à Agência Estado, que o então ministro da Economia, Paulo Guedes, fará uma proposta de um novo ciclo do auxílio emergencial logo no ano de 2021.

Conforme o próprio deputado já disse, a decisão está a mercê de Guedes e sua equipe par que assim, apresentem uma sugestão para o retorno do auxílio, sendo que a mesma deve ser feita dentro do teto de gastos existente do governo, regra que impede que demais despesas cresçam em um ritmo acima da inflação, de forma a assumir a responsabilidade fiscal.

Também foi dito que essa sinalização da volta do benefício já foi feita pelo seu oponente na disputa pela presidência da Casa, o já conhecido deputado Arthur Lira (PP-AL), além de candidato ao Palácio do Planalto.

Foi dito por Baleia que: “Quando Lira vem e copia o que eu falo, não acredito que ele tenha feito isso sem um comando do Palácio”, do qual vem defendendo há muito tempo a concessão do benefício.

Em uma entrevista cedida na segunda-feira, Lira já deixou claro a possibilidade de prorrogação temporária do auxílio por cerca de um mês ou dois, desde que esteja dentro de um novo Orçamento, além de estar respeitando o teto de gastos.

Também já foi deixado claro que isso deve ser feito dentro do Orçamento aprovado, conforme esperado, ou seja, depois das eleições, que irão acontecer no dia 1º de fevereiro.

Como funcionará o novo programa social?

O então deputado Lira já afirmou que tem como intenção defender a criação de um novo programa social, ainda que seja necessário até dois meses de ajuste com o retorno do auxílio emergencial.

Foi defendido pelo mesmo a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) emergencial, da qual prevê uma grande quantidade de medidas de ajuste, principalmente quando falamos sobre cortes de gastos exclusivamente com servidores, de forma a suportar a retomada do benefício.

Quando se fala sobre a disputa da Câmara, Rossi foi o primeiro a defender a prorrogação do auxílio, antes mesmo de este chegar ao fim no mês de dezembro, o que gerou certo estresse no mercado fiscal e também as demais críticas emitidas por Lira.

Depois disso, Lira executou uma série de ajustes em seu discurso, reforçando a responsabilidade fiscal no assunto. O mesmo defende que não é possível fazer o auxílio sem ter que mexer em demais despesas.

Quando o assunto é executivo, demais integrantes da área técnica do Ministério da Economia estão com a preocupação diante da dificuldade de encontrar verba sobrando no Orçamento para assim executar este ajuste.

Esta avaliação é de que não há determinado espaço, visto que a pressão será feita via uma medida provisória (MP) diante de um valor de crédito extraordinário.

Conforme fontes da Agência Estado, esse atraso na vacinação, assim como a piora da pandemia do corona vírus, aumentará cada vez mais a pressão do retorno do auxílio emergencial, principalmente por parte da população, assim como pelo próprio Palácio do Planalto.

De qualquer maneira, o que se pode fazer agora é esperar pela decisão dos próximos passos que serão executados pelo Governo, somente assim será possível ter uma noção maior sobre como funciona todo esse processo, assim como será a distribuição do mesmo.

Para receber mais notícias sobre o auxílio emergencial ou demais temáticas relacionadas ao governo, política, saúde e economia, continue sempre acompanhando nosso site para se manter sempre informado.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário