Fila do INSS ultrapassa 1,8 milhão de pessoas

O número de pessoas com processo em tramitação no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) chegou a 1.844.820 no último mês de julho, o que representa um leve aumento na fila em comparação ao trimestre anterior.

De acordo com o dado obtido pelo Instituto Nacional de Direito Previdenciário (IBDP), a fila do INSS cresceu 0,6% desde abril, quando haviam 1.833.815 requerimentos em aberto.

Publicidade

Publicidade

Os números se referem ao total de pessoas que aguardam a conclusão do processo por algum motivo diferente de perícia. Sendo assim, a fila inclui quem espera pela aprovação de um benefício do INSS ou tem alguma pendência de documento para dar continuidade ao requerimento, por exemplo.

revisão vida toda
Número de processos em espera no INSS aumenta entre abril e julho. Foto: Tomaz Silva/ Agência Brasil

Mas segundo o vice-presidente do IBDP, Diego Cherulli, esse aumento na fila do INSS entre abril e julho não deveria ter acontecido.

“O INSS fez esforços de reconvocar servidores aposentados e militares para o atendimento ao público, mas a medida tem se mostrado ineficaz. Precisam ser feitos mais concursos públicos para contratação de novos servidores”, afirmou Cherulli.

Além disso, o que também explica esta situação é o aumento no número de requerimentos por conta da crise econômica e o alto índice de desemprego no país, que atinge 14,4 milhões de brasileiro e mantém a taxa acima de 14%.

Publicidade

Publicidade

Conforme destaca Cherulli, o INSS serve para proteger a ordem social, e em tempos de desordem é normal que mais pessoas procurem pelo instituto buscando um mínimo de estabilidade.

Além disso, o vice-presidente do IBDP também destaca a falta de segurança jurídica que faz com que servidores demorem para analisar o pedido e neguem em caso de dúvidas, por medo de repreensão. Por conta disso, as pessoas entram com recurso pedindo nova análise, e a fila acaba aumentando.

Veja também: Agências do INSS terão supervisão em atendimento presencial – saiba como funciona

Para reduzir fila, INSS amplia jornada dos servidores

Em uma tentativa de melhorar o fluxo da fila de requerimentos, o INSS alterou a jornada de trabalho dos seus servidores. Segundo o instituto, o objetivo é alocar a força de trabalho nas agências durante a manhã e liberar processos e fazer análises na parte da tarde.

Ainda de acordo com o INSS, o instituto recebe 567.140 solicitações de benefícios por mês, o que inclui aposentadoria, incapacidade, pensão por morte e o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Mas cerca de 25% dos processos em espera dependem de documentação por parte dos segurados, diz o INSS.

Desde a reabertura das agências da Previdência Social, em setembro do ano passado, o atendimento dos segurados já acontece em horário diferenciado, das 7h às 14h. Conforme as novas regras do instituto, os horários de atendimento podem variar conforme a localidade, começando a partir das 7h ou 8h da manhã.

Publicidade

Publicidade

As normas também estabelecem jornadas de trabalho de 40 horas semanais, sendo que o servidor deve cumprir pelo menos duas horas por dia com trabalho administrativo, que pode ser feito de forma remota (home office).

No caso das agências que disponibilizam atendimento da perícia médica e/ou avaliação social, estes serviços seguem até às 18 horas.

Outra determinação do INSS publicada nesta semana garante aos servidores que o atendimento ao público nas agências se manterá em 6 horas por dia. A garantia existe independe da agência ter aderido ao Programa de Gestão de Atendimento (PGAP), no qual os servidores do instituto trabalham por metas.

Em caso de dúvidas, os cidadão podem entrar em contato com a Central 135, que funciona de segunda a sábado das 7h às 22h, ou pelo portal ou aplicativo Meu INSS, onde o atendimento fica disponível 24 horas por dia.

Publicidade

Veja também: INSS não fará perícia médica presencial para dar auxílio doença para quem tem Covid

Publicidade

Como consultar benefício do INSS?

Para quem está entre os milhões de brasileiro que aguardam na fila do INSS, é possível consultar online o status de solicitação de benefício ou aposentadoriaA consulta pode ser feita no portal ou aplicativo “Meu INSS” seguindo os passos abaixo:

  1. Acesse o site do Meu INSS;
  2. Entre as abas em destaque, selecione “Agendamento/Solicitações”
    Como consultar solicitação no INSS
  3. Em seguida, preencha os campos indicados com nome, CPF e data de nascimento. Depois, marque a opção “Não sou um robô” e clique em “Continuar sem login”;
    Como consultar status de benefício no INSS
  4. Na página seguinte você verá o status de sua solicitação. Para conferir mais detalhes sobre o processo, basta clicar no ícone de lupa.
    Como acompanhar solicitação INSS

Também é possível consultar a situação do requerimento pelo telefone 135. Nesse caso, é só informar o CPF e o número do protocolo.

Fontes: G1 e Agora São Paulo.

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário