Auxílio emergencial: veja como baixar o informe de rendimentos no Caixa Tem

auxilio emergencial

Recebeu auxílio emergencial em 2020 e precisa declarar imposto de renda? Então, é importante acessar o informe de rendimentos no Caixa Tem. Veja, aqui, como obter esse documento no aplicativo!

aplicativo dinheiro auxílio emergencial

O que é o informe de rendimentos?

O informe de rendimentos é um documento que comprova seus ganhos em um determinado ano. No que se refere à versão disponível no Caixa Tem, aplicativo da Caixa Econômica Federal, ele aponta ganhos com o auxílio emergencial.

Publicidade

Publicidade

O nome oficial do documento é “comprovante anual de rendimentos pagos e de retenção de imposto de renda na fonte”. É emitido por todas as empresas que lhe repassaram algum pagamento, como salário, benefícios sociais, entre outros.

O documento deve apresentar o nome e o CNPJ da fonte pagadora, bem como os valores recebidos e retidos na fonte. Se houver algo retido, o contribuinte tem direito à restituição, dependendo do caso.

Para que serve o informe de rendimentos?

O informe de rendimentos é especificamente utilizado na declaração do imposto de renda. O documento possibilita o rápido preenchimento da ficha de declaração, simplificando esse processo.

Publicidade

Publicidade

Além de ser utilizado na declaração do imposto de renda, o informe de rendimentos também é válido como comprovante de renda, podendo substituir o holerite, por exemplo.

Se quiser utilizar o documento como comprovante de renda, há essa possibilidade caso queira alugar um imóvel, contratar um empréstimo, entre outras situações que envolvem comprovação de renda.

Auxílio emergencial: como baixar o informe de rendimentos no Caixa Tem

O informe de rendimentos Caixa Tem com informações sobre o auxílio emergencial é simples de ser obtido! A seguir, apresentamos um passo a passo para lhe auxiliar no acesso ao documento:

  1. Abra o aplicativo Caixa Tem e toque em “entrar”;
  2. Faça login usando seu CPF e senha de acesso;
  3. Selecione “informe de rendimentos”, item disponível no menu de opções do aplicativo;
  4. Toque em “ver informe de rendimentos” para acessá-lo;
  5. Selecione o ícone de seta, que está no canto superior direito da tela, para fazer o download ou imprimir o informe de rendimentos;
  6. Indique se deseja imprimir o informe em impressora conectada por Wi-Fi ou se deseja fazer download e salvar o arquivo em PDF;
  7. Finalize o procedimento.

Pronto! Agora é só utilizar o documento para fazer sua declaração de imposto de renda, caso seja obrigado. Use o informe para preencher a ficha de rendimentos corretamente.

Devolução do auxílio emergencial no imposto de renda

Quem recebeu auxílio emergencial em 2020 e teve rendimento tributável, sem contar o benefício, acima de R$ 22.847,46 no ano-base terá de devolver o valor.

Essa obrigatoriedade também se aplica a dependentes incluídos na declaração de imposto de renda, se receberam o auxílio emergencial.

Publicidade

Publicidade

De acordo com a Receita Federal, a previsão é de que 3 milhões de pessoas que receberam o benefício indevidamente devolvam o valor, por meio da declaração do imposto de renda.

Um detalhe importante sobre a devolução é que não há necessidade de devolver os valores da extensão do auxílio emergencial, ou seja, as parcelas de R$ 300,00, somente as iniciais que eram de R$ 600,00.

Como declarar auxílio emergencial no imposto de renda 2021?

Os valores do auxílio que estão no informe de rendimentos devem ser incluídos na ficha de “rendimentos tributáveis recebidos de pessoa jurídica”, com menção ao total recebido do governo e CNPJ da fonte pagadora.

Vale mencionar que a declaração do imposto de renda do ano-base 2020 vai até o dia 30 de abril. Se for obrigado a declarar e não o fizer até a data limite, quando for regularizar a situação terá de pagar uma multa.

Como devolver o auxílio emergencial no imposto de renda 2021?

Publicidade

A devolução do auxílio emergencial ocorrerá após a entrega da declaração do imposto de renda. O programa da Receita Federal gera automaticamente um DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) para pagamento e devolução do valor.

Publicidade

Se a declaração envolver mais de uma pessoa que tenha recebido o auxílio emergencial, o programa gera um DARF para cada CPF.

Declaração com fraude de auxílio emergencial

Caso seu CPF tenha sido fraudado para recebimento do auxílio emergencial, ou seja, você não fez o pedido, não recebeu o benefício e mesmo assim o programa da Receita Federal indica que você recebeu, o governo federal indica que faça uma denúncia ao Ministério da Cidadania.

Após a denúncia, o caso será apurado e o contribuinte é liberado da devolução do auxílio emergencial. Faça a denúncia diretamente no site do Ministério da Cidadania.

Flavio CarvalhoGestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
Veja mais ›
Fechar