Beneficiários do Auxílio Brasil: governo abre vagas para cursos gratuitos

Beneficiários do auxílio Brasil governo abre vagas para cursos gratuitos (1)
Fonte/Reprodução: original

Para beneficiários do Auxílio Brasil, o ano se inicia com uma série de vagas para cursos profissionalizantes.

As vagas, parte do programa Qualifica Mais Progredir do MEC (Ministério da Educação), e entra conforme a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, ofertando mais de 39 mil vagas em cursos presenciais de Microempreendedor Individual.

Publicidade

Publicidade

O programa, em parceria com o Ministério da Cidadania, tem como principal objetivo incentivar a inclusão produtiva e a ampliação de renda do poder público beneficiado pelo Auxílio.

Ainda em 2021, o Ministério da Educação anunciou o lançamento do Programa Educação Financeira na Escola, em que professores serão capacitados para ensinar nas escolas o planejamento financeiro, a importância de economizar e o consumo consciente.  

Como se inscrever para conseguir os cursos gratuitos?

As ofertas estão sendo realizadas pelo Instituto Federal do Piauí, prorrogado até o dia 13 de janeiro. Com 350 vagas disponíveis, 300 delas destinadas ao Campus Teresina Central e 50 o Campus Teresina Dirceu Arcoverde, é necessário que os candidatos sejam maiores de 18 anos e tenham o ensino fundamental completo. 

Publicidade

Publicidade

Beneficiários do auxílio Brasil governo abre vagas para cursos gratuitos (2)
Fonte/Reprodução: original

Para se inscrever é necessário preencher o formulário online, e anexar os documentos exigidos pelo edital. As vagas serão preenchidas mediante sorteio eletrônico, de forma aleatória.

O IFNMG (Instituto Federal do Norte de Minas Gerais) realizou recentemente, do dia 21 de dezembro de 2021 até o dia 2 de janeiro de 2022, a seleção de contratação para o curso de Microempreendedor Individual e de Eletricista de Sistemas Renováveis.

De quem foi a decisão sobre essa adição aos beneficiários do auxílio Brasil?

João Roma, ministro da Cidadania, declarou que os beneficiários do Auxílio Brasil poderão ter acesso a cursos gratuitos.

Todos os beneficiários do Auxílio Brasil que sejam maiores de 18 anos e tenham o ensino fundamental completo poderão realizar cursos gratuitos de qualificação para MEI (Microempreendedor Individual).

João Roma explica que o objetivo é ampliar a renda das famílias que estejam inscritas no Cadastro Único, fortalecendo o Plano Progredir.

O objetivo é ofertar 23.500 vagas por meio do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico) do MEC. As aulas terão início agora em 2022, e serão investidos mais de R$ 37 milhões.

Qual curso técnico mais emprega?

Publicidade

Publicidade

Técnicos em Meio Ambiente (com salário em torno de R$ 3.500, e leva o profissional a trabalhar em áreas de construção civil, indústria, óleo e gás), técnico em Redes de Computadores (com salário de cerca de R$ 3 mil, o setor de TI — Tecnologia da Informação — precisa cada vez mais de profissionais especializados em áreas específicas) e Desenvolvedor Mobile (com um salário que pode chegar até R$ 5 mil, o profissional Desenvolvedor Mobile é responsável pela criação de novos aplicativos que atendam à demanda do público cada vez mais conectado aos celulares).

A formação técnica é ideal para quem tem pressa na hora de arranjar um emprego, pois os cursos não duram mais do que 24 meses e qualificam o profissional em uma habilidade técnica específica.

Seja por falta de mão de obra qualificada, demanda de profissionais na área de atuação e entre vários outros fatores, a mão de obra técnica está em falta no mercado — já se faz necessário profissionais com um conhecimento técnico específico em determinadas áreas. 

Flavio CarvalhoGestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
Veja mais ›
Fechar