Calendário da Prova de Vida do INSS foi atualizado. Confira as novas datas e prazos

INSS atualiza calendário para a retomada da prova de vida, procedimento que volta a ser obrigatório a partir do ano que vem.

Na última semana, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou uma portaria atualizando o calendário de prova de vida para os segurados que não realizam o procedimento desde o ano passado.

O novo calendário vale para quem tinha provas de vida marcadas entre novembro de 2020 e dezembro de 2021 e distribui as novas datas de janeiro a abril de 2022.

Publicidade

Publicidade

O instituto chegou a divulgar um novo cronograma no último mês de julho, após a retomada da obrigatoriedade da prova de vida. Entretanto, o calendário deixou de valor quando o Congresso voltou a suspender o procedimento entre outubro e dezembro.

Calendário da Prova de Vida do INSS foi atualizado
INSS atualizada calendário de retomada das provas de vida em 2022. Foto: Divulgação

Com a nova portaria publicada pelo INSS, o calendário atualizado para a retomada das provas de vida ficou da seguinte maneira:

  • Janeiro/2022 – Segurados com vencimento da prova de vida entre novembro de 2020 e junho de 2021;
  • Fevereiro/2022 – Segurados com vencimento entre julho e agosto de 2021;
  • Março/2022 – Segurados com vencimento entre setembro e outubro de 2021;
  • Abril/2022 – Segurados com vencimento entre novembro e dezembro de 2021.

A prova de vida do INSS é obrigatória para aposentados e pensionistas que recebem seus benefícios por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. Caso o segurado não faça esse procedimento dentro do prazo indicado, ele pode ter seu benefício suspenso.

Publicidade

Publicidade

Em 2022, calendário da prova de vida do INSS seguirá mês de aniversário do beneficiário

Na mesma portaria que atualizou o cronograma de retomada das provas de vida, o INSS determinou que o calendário deverá acompanhar o mês de aniversário do segurado a partir do ano que vem, quando o procedimento volta a ser obrigatório.

Caso o segurado perca o prazo da prova de vida, seu benefício será suspenso até que ele faça a comprovação. Para isso, basta comparecer ao banco onde recebe o pagamento o quanto antes, ou solicitar atendimento em domicílio caso o beneficiário não tenha condições de se locomover ou seja maior de 80 anos.

Se o segurado com benefício suspenso não realizar a prova de vida em até seis meses, os pagamentos serão cessados. Para saber como reativar benefícios suspensos, basta seguir o passo a passo descrito em nosso texto sobre o assunto.

Em caso de dúvidas, o beneficiário do INSS pode entrar em contato com a Central de Atendimento pelo número 135 ou acessar o site Meu INSS.

Fonte: g1.

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário