Funcultura anuncia investimento em Projetos Artísticos em Pernambuco. Mais de R$15 milhões em investimentos. Conheça!

A Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e a Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) divulgaram o edital 2020-2021 do Funcultura Geral.

A iniciativa do Governo do Estado irá disponibilizar mais de R$ 15,6 milhões para incentivo de projetos de diversas linguagens culturais diferentes. As inscrições ficarão abertas entre os 19 e 30 de abril de 2021, e o procedimento deve ser feito pela internet, a partir do site Prosas.

O edital de seleção pública do Funcultura Geral é lançado todos os anos, e permite que produtores e artistas locais recebam recursos do Governo de Pernambuco para realizar projetos culturais. Para conferir o edital Funcultura Geral 2020-2021 e outros editais culturais do Estado, é só acessar o portal cultura.pe.

edital funcultura 2021

A lista de linguagens culturais contempladas pelo edital Funcultura Geral 2020-2021 inclui as seguintes áreas:

  • Artes Plásticas;
  • Dança;
  • Teatro;
  • Literatura;
  • Circo;
  • Artesanato;
  • Ópera;
  • Cultura Popular e Tradicional;
  • Artes Gráficas e Congêneres;
  • Design e Moda;
  • Fotografia;
  • Gastronomia;
  • Formação e Capacitação;
  • Pesquisa Cultural;
  • Patrimônio;
  • Artes Integradas.

Além disso, a Fundarpe ainda conta com editais próprios de Audiovisual, Música e Microprojeto Cultural. Somados os valores de todos estes editais, a entidade irá incentivar a produção cultura independente de Pernambuco com aproximadamente R$ 32 milhões em recursos neste ano.

Na última década, os mais de nove mil produtores culturais cadastrados no Funcultura (Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura) concorreram a aproximadamente R$ 330 milhões em fomento de projetos no Estado. A iniciativa é considerada a principal e mais democrática política de incentivo à cultura em Pernambuco.

Nesse mesmo período, cerca de quatro mil projetos foram aprovados em todo o Estado, muitos deles com alcance nacional e internacional. Uns dos principais destaques dessa lista são os filmes pernambucanos premiados em festivais de cinema mundo afora.

Edital do Funcultura Geral é muito importante para a cultura pernambucana

A rica cultura pernambucana exporta talentos e influencia uma série de artistas e produtores culturais em todo o Brasil. O estado é berço de artistas de renome, como os músicos Alceu Valença e Chico Science, e também é o lugar onde Ariano Suassuna, um dos maiores escritores brasileiros, iniciou sua carreira literária.

Nos últimos anos, o Estado também se destaca pelas produções cinematográficas. Filmes do pernambucano Kleber Mendonça Filho, por exemplo, ganharam prestígio internacional, como as obras “O Som ao redor”, “Aquarius” e “Bacurau”. Além disso, outros filmes locais também ganharam destaque, como “Cinema, Aspirinas e Urubus” e “A febre do rato”.

Segundo o presidente da Funarpe, Marcelo Canuto, os editais do Funcultura trazem bons resultados e uma dinâmica importante para a cadeia produtiva da cultura local.

Canuto destaca que com a circulação de projetos e artistas, o Estado ganha com geração de emprego e renda, e também com a qualificação dos profissionais de cultura e turismo, permitindo que a arte se espalhe por todas as regiões de Pernambuco.

Em relação ao edital do Funcultura Geral, a superintendente do Fundo, Aline Oliveira, afirma que ele foi repaginado em 2021 para se adequar ainda mais ao atual contexto social. Aline explica que o novo formato do edital é “por categoria”, o que dá mais liberdade ao processo criativo, propiciando o surgimento de propostas inovadoras.

O edital também terá pontuação diferenciada para proponentes de variadas minorias, e uma cota que estabelece que ao menos 40% dos projetos aprovados precisam ser do interior do Estado.

Outros editais culturais estão abertos para consulta

Outro edital que já pode ser consultado por interessados no site cultura.pe é o do Microprojeto Cultural. Este é voltado a iniciativas de indivíduos, grupos e coletivos de jovens de baixa renda, principalmente de cidades com baixo IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal).

O edital disponibiliza R$ 640 mil em recursos para projetos culturais, com um limite de R$ 15 mil por cada. As inscrições no edital do Microprojeto Cultural ficarão abertas entre os dias 23 de março e 2 de abril.

Além disso, também está aberto para consulta na mesma plataforma o 5º Edital do Funcultura da Música 2020/2021. Neste, o total de recursos disponibilizados é de R$ 4,16 milhões, contemplando diversas categorias do segmento musical, como festivais, gravações, escolas, entre outros.

Enquanto isso, para a edição 2020-2021 do Funcultura Audiovisual, a Fundarpe ainda aguarda um posicionamento da Ancine (Agência Nacional de Cinema) sobre o apoio à 14ª edição do edital. Com essa definição, que está prevista para os próximos dias, a 14ª e 15ª edição poderão ser lançadas no mesmo período.

Nestes próximos editais 2020-2021 de todas as iniciativas citadas do Funcultura, a Fundarpe anunciou que irá digitalizar os processos de inscrição. Esta digitalização acontecerá por meio da plataforma Prosas.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter, repórter do Jornal O Repórter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário