Governo cria site para consulta de valores esquecidos nos bancos

Banco Central lança site exclusivo para o SVR, sistema para que brasileiros façam consulta de valores esquecidos em instituições financeiras.

Após o site do Banco Central (BC) sair do ar por dois dias devido ao lançamento do Sistema Valores a Receber (SVR), o serviço para consulta de valores esquecidos em bancos e demais instituições financeiras agora tem um site exclusivo.

O anúncio foi feito pelo BC na última segunda-feira (7/2) e permitirá “ampliar a capacidade de atendimento do SVR”, conforme o órgão destacou em nota. Entretanto, as consultas só voltam a ficar disponíveis a partir da próxima segunda-feira, dia 14 de fevereiro.

Publicidade

Publicidade

Com o lançamento do SVR, que aconteceu no último dia 24 de janeiro, o site do BC recebeu tantos acessos que ficou fora do ar por dois dias. Segundo o BC, há um total de R$ 8 bilhões em valores esquecidos.

site para consulta de valores esquecidos banco central
Banco Central lança site exclusivo para o Sistema Valores a Receber. Foto: Arquivo EBC

Como vai funcionar esse site para consulta de valores esquecidos?

Com a criação do site, todas as questões relacionadas ao SVR devem ser atendidas pela nova página, e não será possível acessar o sistema por meio do site do BC.

Por meio do site do SVR, o cidadão poderá consultar se tem valores esquecidos em instituições financeiras. Caso tenha algum valor a receber, o sistema irá informar a data para saber qual é a quantia e quando poderá solicitar sua transferência.

Publicidade

Publicidade

Mas, segundo o BC, é importante que o cidade volte a acessar o site na data informada. Afinal, se não fizer isso, será necessário realizar uma nova consulta para receber outra data para pedir o resgate.

No entanto, o BC destaca que não há problema se o cidadão perder a data, pois ele pode voltar a acessar o site a qualquer momento e nunca perde o direito sobre o valores em seu nome.

Quem poderá sacar valores desse montante esquecido?

Segundo o BC, nessa primeira etapa de consulta aos valores esquecidos, são 28 milhões de CPF e CNPJ que podem resgatar dinheiro pelo SVR.

Para saber se você tem algum dinheiro esquecido em instituição financeira, basta acessar o site do SVR e criar um login gov.br de nível prata ou ouro. Caso o cidadão já tenha esse login, é só usá-lo para acessar a página.

Qual a origem do dinheiro?

O dinheiro disponível para resgate por meio do SVR pertence aos próprios cidadãos, mas está esquecido em bancos e demais entidades financeiras por questões diversas.

Veja também: Você pode ter dinheiro esquecido no banco! R$ 208 milhões do abono do PIS estão esquecidos

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário