O que você precisa para se inscrever no CadÚnico em 2022?

Descubra o que você precisa para fazer sua inscrição no CadÚnico em 2022 e quais são os benefícios que ele garante acesso!

Ter Cadastro Único (CadÚnico) é obrigatório para ter acesso a diversos programas sociais do governo federal, estadual e municipal. Um deles é o Auxílio Brasil, que é concedido somente a famílias que possuem o cadastro e cumprem outros critérios.

Ainda não tem o seu e quer fazê-lo, mas não sabe como? Então confira aqui o que você precisa para se inscrever no CadÚnico e garantir acesso a benefícios sociais!

Publicidade

Publicidade

O que é o CadÚnico?

Trata-se de um cadastro que identifica famílias de baixa renda, possibilitando que o governo conheça a realidade socioeconômica da população.

Esse cadastro registra informações como características da residência da família, identificação de cada morador, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outros.

cadastro cadúnico auxílio brasil
CadÚnico é necessário para receber o Auxílio Brasil. Foto: Carlos Poly

O CadÚnico é o principal instrumento do Estado para seleção e inclusão de famílias de baixa renda em programas sociais federais, estaduais e municipais.

Publicidade

Publicidade

Quem tem o cadastro pode receber benefícios como o Auxílio Brasil, Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros, garantindo suporte financeiro extra para se manter.

Quem pode se inscrever no CadÚnico?

Somente famílias que cumprem os requisitos do programa podem se inscrever no CadÚnico. Confira quais são:

  • Ter renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo vigente (em 2022, por exemplo, esse valor é de R$ 606,00 por pessoa); OU
  • Possuir renda mensal familiar total de até três salários mínimos vigentes (em 2022, o total é de R$ 3.636,00); OU
  • Ter renda acima das citadas anteriormente, mas que esteja vinculada ou pleiteando algum programa ou benefício que utilize o Cadastro Único em sua concessão;
  • Pessoas em situação de rua, seja sozinhas ou em família.

Quais os documentos necessários para se cadastrar?

O governo recomenda que o responsável pelo cadastro apresente documentos específicos. Abaixo, você confere a lista completa:

  • Documento de identificação, CPF e título de eleitor do responsável pela unidade familiar (a pessoa que realizará o cadastro);
  • Documento de identificação dos membros da família (pessoas que moram na mesma casa). É possível apresentar RG, CNH, certidões de nascimento ou casamento, carteira de trabalho ou título de eleitor.

Há documentos que não são obrigatórios, mas que facilitam e agilizam a realização do cadastro. Conheça quais são e, se tiver, apresente-os no dia da inscrição:

  • Comprovante de matrícula escolar de crianças e jovens até 17 anos de idade. Caso não tenha esse documento, deverá apresentar o nome da escola em que as crianças ou jovens estão matriculados;
  • Carteira de trabalho ou comprovante de renda;
  • Comprovante de endereço atualizado.

Um detalhe importante: caso alguma pessoa da família não tenha documentos, não há problema, é possível realizar o cadastro da mesma forma. O entrevistador do CadÚnico orientará e encaminhará a família ou pessoa para emissão dos documentos.

Mas é importante ressaltar que, quando o responsável familiar (a pessoa que faz o cadastro) não apresenta um dos documentos obrigatórios e os de identificação dos membros da família, o CadÚnico fica incompleto.

Publicidade

Publicidade

Nesse caso, a família não poderá participar de programas sociais. Para regularizar a situação, terá de apresentar os documentos solicitados. A partir de então, estará apta a ser incluída em benefícios.

Quais os benefícios recebidos através do CadÚnico?

Os governos federal, estadual e municipal utilizam o CadÚnico para selecionar famílias beneficiárias de programas sociais. A seguir, você confere a lista completa de programas que têm o cadastro como pré-requisito:

  • Auxílio Brasil;
  • BPC (Benefício de Prestação Continuada);
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Vale-gás;
  • Carteira do Idoso;
  • Casa Verde e Amarela;
  • Bolsa Verde;
  • ID Jovem;
  • Aposentadoria para pessoas de baixa renda;
  • Telefone popular;
  • Programa Cisternas;
  • Água para Todos;
  • Bolsa Estiagem;
  • Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais / Assistência Técnica e Extensão Rural;
  • Programa Nacional de Reforma Agrária;
  • Crédito Instalação;
  • Programa Nacional de Crédito Fundiário;
  • Carta Social;
  • Programa Brasil Alfabetizado;
  • Serviços Assistenciais;
  • Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil);
  • Enem (Exame Nacional do Ensino Médio);
  • Isenção de pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos.

É importante informar que a inscrição no CadÚnico não é garantia de receber todos esses benefícios. Cada programa social possui requisitos específicos que também devem ser atendidos pelos candidatos.

O Auxílio Brasil, por exemplo, exige que os candidatos tenham renda específica para ter direito ao benefício. Portanto, se tiver CadÚnico, mas não cumprir os critérios de renda, não receberá as parcelas mensais.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

2 comentários

  • Fiz meu cadastro o ano passado e até agora nenhuma resposta

    • Qual seria o tempo de resposta para a inscrição alguém sabe dizer ?

Deixe seu comentário