Última parcela do IPVA Paraná vence segunda feira, 21 de junho: saiba como pagar

Proprietários de veículos do Paraná devem a pagar a quinta e última parcela do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) 2021 nesta semana, entre segunda (21) e sexta-feira (25/06).

A data de vencimento da última cota do imposto varia conforme o último número da placa de cada veículo, e os pagamentos seguem até sexta-feira (25). Vale lembrar estão mais longos neste ano, porque a Secretaria da Fazenda do Paraná aumentou em um mês o prazo de vencimento das parcelas restantes do IPVA no Estado.

Publicidade

Publicidade

O pagamento do IPVA é obrigatório para que os condutores possam emitir o licenciamento do veículo junto ao Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). As exceções são os veículos que têm direito à isenção do imposto, como aqueles com mais de 20 anos de fabricação.

ipva paraná 2021
Foto: José Fernando Ogura/ANPr

Com a prorrogação do vencimento das parcelas restantes, anunciado em março pelo Governo do Paraná, os prazos das três últimas cotas foram adiados em um mês. Assim, a 3ª parcela passou de março para abril, a 4ª de abril para maio e a 5ª de maio para junho.

No caso da última parcela, o calendário de vencimentos segue durante esta semana da seguinte maneira:

Publicidade

Publicidade

  • Final de placa 1 e 2 – 21/06
  • Final de placa 3 e 4 – 22/06
  • Final de placa 5 e 6 – 23/06
  • Final de placa 7 e 8 – 24/06
  • Final de placa 9 e 0 – 25/06

Assim como o adiamento, o parcelamento em cinco vezes também foi uma novidade para o pagamento do IPVA 2021. Até o ano passado, os condutores paranaenses podiam pagar o imposto em no máximo três parcelas, mas por conta das dificuldades financeiras impostas pela pandemia o governo anunciou um prazo maior desta vez.

Veja também: Paraná anuncia descontos e parcelamento de dívidas no IPVA, ICMS e ITCMD

Como emitir a 2ª via do IPVA Paraná 2021?

O boleto para pagamento do IPVA não chega mais até a casa dos contribuintes, nem qualquer outra correspondência relacionada ao imposto.

Sendo assim, para pagar o IPVA, os proprietários de veículos devem emitir a guia de pagamento pela internet ou pagar com o número do Renavam em algum dos bancos credenciados.

No caso dos condutores que querem emitir a guia de pagamento, basta seguir o procedimento descrito abaixo:

  1. Acesse o site da Secretaria da Fazenda do Paraná e clique no botão “Emitir”;
  2. Em seguida, o site irá te redirecionar para uma nova página, onde você deve digitar o número do Renavam do veículo, a data em que irá realizar o pagamento e os caracteres da imagem de controle;
  3. Após digitar as informações solicitadas, clique em “Consultar” para acessar as informações sobre o seu veículo. A página seguinte irá exibir a parcela pendente e sua data de vencimento, é só clicar para emitir guia de pagamento que o sistema irá gerar um boleto;

Como pagar o IPVA Paraná 2021?

Para os proprietários que optarem pela emissão da guia de pagamento, basta imprimir o boleto para pagar no caixa de qualquer banco ou fazer a operação sem sair de casa, usando o código de barras para fazer pagar o boleto via aplicativo de Internet Banking.

Publicidade

Publicidade

Enquanto isso, quem preferir pagar com o número do Renavam não precisa emitir nenhuma guia. Entretanto, o contribuinte precisa ser correntista de um dos bancos credenciados para fazer esta opção. Ao todo, são sete bancos: Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Santander, Sicredi, Bancoop e Banco Redimento.

Além disso, também é possível fazer o pagamento com a Guia de Recolhimento do Estado do Paraná (GR-PR) nos bancos credenciados. A GR-PR está disponível para quaisquer exercícios pendentes de IPVA, e pode ser acessada pelo mesmo procedimento para emissão da guia de pagamento.

Para mais informações sobre o IPVA Paraná 2021, basta acessar o site da Secretaria da Fazenda por meio do mesmo link informado no tópico anterior.

Veja também: Mais de 11 mil microempresas já se cadastraram para receber auxílio emergencial no Paraná

O que acontece se não pagar o IPVA?

Publicidade

Se o contribuinte não pagar o IPVA do seu veículo, ele não consegue fazer a renovação anual do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento), que agora é digital. Além disso, não pagar o imposto em gera multa por dia de atraso, fazendo o valor ficar ainda maior no momento em que o contribuinte for quitar os débitos.

Publicidade

Quanto ao licenciamento, é importante lembrar que este é um documento de porte obrigatório, e rodar com o CRLV vencido é uma infração gravíssima.

Nesse caso, a multa é de R$ 293,47 mais sete pontos na Carteira de Habilitação. Além disso, dependendo do caso, o motorista ainda corre o risco de ter o veículo apreendido se estiver com o documento atrasado.

Para conferir outros problemas que podem impedir a renovação do licenciamento, basta conferir o nosso texto sobre o assunto.

Publicidade

Publicidade

Fonte: G1.

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário