Curitiba passa a aceitar cartões de crédito e débito diretamente nos ônibus e estações tubo

Em Curitiba, pagamento da passagem de ônibus pode ser realizado com cartão de crédito e débito. Saiba os detalhes da novidade!

Na última quinta-feira (17), a Prefeitura Municipal de Curitiba anunciou uma novidade para os usuários do transporte público da capital paranaense: a partir de agora, será possível fazer o pagamento da passagem de ônibus com cartão de crédito ou débito.

A Urbanização de Curitiba (Urbs) já iniciou a instalação de novos validadores em estações-tubo e ônibus e, em breve, os usuários do transporte público curitibano terão várias funcionalidades à sua disposição.

Publicidade

Publicidade

Nesta matéria do NoDetalhe, você fica sabendo como irá funcionar o pagamento da passagem de ônibus com cartão de crédito ou débito em Curitiba e por que esta funcionalidade está sendo implementada na capital paranaense. Confira!

Como vai funcionar o pagamento com cartão de crédito ou débito?

Curitiba passa a aceitar cartões de crédito e débito diretamente nos ônibus e estações tubo
Em Curitiba, pagamento da passagem de ônibus pode ser realizado com cartão de crédito e débito. Saiba todos os detalhes da novidade! (Imagem: Prefeitura Municipal de Curitiba/Reprodução)

A URBS já deu início à instalação de novos sistemas de validação de pagamento de passagem de ônibus em terminais, estações-tubo e até em ônibus. A ideia é que, a partir desta sexta-feira (18), esses sistemas já estejam disponíveis nos 22 terminais presentes na capital e nas 335 estações-tubo da cidade.

O que se espera é que, dentro de um mês, o novo serviço esteja funcionando em todas as 254 linhas de ônibus da capital.

Publicidade

Publicidade

Em linhas gerais, esses novos sistemas que estão sendo implantados nos ônibus, estações-tubo e nos terminais de ônibus irão permitir o pagamento da passagem por meio de aproximação. Isto é, a tecnologia que estará em atuação de modo a facilitar a vida do usuário do transporte público de Curitiba é a NFC (sigla para Near Field Communication que, em tradução, quer dizer “Comunicação de Campo Próximo”).

Essa tecnologia permite que haja, dentro de poucos instantes, troca de dados sem fio entre dois dispositivos. No caso em questão, esses dispositivos são o cartão de crédito ou débito e a nova máquina de pagamento da Urbs.

Isso quer dizer que, para poder usufruir do novo sistema de pagamento, o usuário deverá possuir e portar cartões que tenham a tecnologia NFC (ou simplesmente de aproximação). Porém, andar com os cartões físicos não é uma obrigatoriedade para utilizar o recurso.

Isso porque o usuário também pode simplesmente adicionar o cartão com que deseja efetuar o pagamento à carteira digital do celular ou relógio inteligente (ou, como é mais conhecido, smartwatch). As opções de carteira digital disponíveis para celular são Apple Pay, Google Pay ou Samsung Pay. No caso dos relógios inteligentes, os modelos de carteira digital são Apple Watch, Samsung Gear e semelhantes.

Para realizar o pagamento, basta aproximar o cartão de crédito ou débito que tenha a tecnologia NFC (Mastercard, Visa e Elo que apresentem o símbolo de quatro ondas impresso) à máquina de pagamento e aguardar a leitura e validação, como acontece com os cartões convencionais. Também é possível aproximar o celular com as carteiras digitais ou qualquer outro dispositivo de pagamento, como relógios, pulseiras ou até adesivos.

Por que pagar a passagem de ônibus no cartão de crédito ou débito?

O novo sistema tem o objetivo de facilitar a vida do usuário do transporte público, assegurando praticidade e segurança. Afinal de contas, não será preciso andar com dinheiro e o pagamento acontecerá de forma muito mais rápida, sem mesmo a necessidade de digitar uma senha.

Publicidade

Publicidade

Além disso, o novo sistema de pagamento facilitará ainda mais o trânsito de pessoas que não possuem o cartão-transporte da Urbs e de turistas. Vale mencionar que não é preciso fazer nenhum tipo de cadastro prévio para utilizar o cartão na hora efetuar o pagamento da passagem de ônibus por NFC.

O valor a ser cobrado no pagamento com cartão de crédito ou débito é o mesmo da passagem de ônibus atualmente em vigor (R$ 5,50). Porém, o usuário deverá estar ciente de que precisará pagar uma taxa de 2,07% (R$ 0,12) à operadora. O serviço de integração de ônibus também estará incluso nesta forma de pagamento.

Veja também: Governo confirma antecipação do 13º do INSS 2022. Veja como e onde receber

Redatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais.
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário