Pague o IPVA 2022 RS antecipadamente e ganhe descontos! Entenda

Quer economizar no pagamento do IPVA 2022 RS? O governo do estado oferecerá essa oportunidade para quem pagar o imposto antecipadamente. Entenda, a seguir, como funcionará!

Descontos no IPVA 2022 RS

O governo do estado do Rio Grande do Sul divulgou que todos os contribuintes que pagarem o IPVA 2022 de forma antecipada terão até 10% de desconto no valor total do imposto.

Publicidade

Publicidade

Mas, para ter direito ao abatimento é preciso fazer o pagamento até o dia 30 de dezembro. Vale lembrar que antes o estado oferecia um desconto de somente 3% para pagamentos à vista.

De acordo com o governo, a iniciativa tem como proposta incentivar o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, aumentando a arrecadação do estado e reduzindo a inadimplência dos contribuintes.

Além desse novo desconto concedido pelo governo do estado, os gaúchos também podem contar com mais abatimentos, como os que são concedidos pelos programas Bom Motorista e Bom Cidadão.

Publicidade

Publicidade

Segundo o governo do estado, os descontos no valor total do IPVA 2022 RS podem chegar a 34,63%, considerando todos os programas.

Vantagens de pagar o IPVA RS 2022 de forma antecipada

Faixas de desconto do IPVA 2022 RS

O governo estabeleceu faixas de desconto para quem pagar o IPVA 2022 à vista. Veja, a seguir, qual o percentual de cada faixa:

  • Até 30 de dezembro: desconto de até 10%;
  • Pagamentos até 25 de fevereiro: desconto de 6%;
  • Até 31 de março: desconto de 3%.

Considerando os descontos dos programas Bom Motorista e Bom Cidadão, o contribuinte pode acumular abatimentos de até 28% no mês de janeiro, de 24,8% em fevereiro e 22,4% no mês de março.

Aumento do número de parcelas do IPVA 2022 RS

Além de dar descontos no pagamento à vista do imposto, o governo do estado também decidiu ampliar o número de parcelas para quem dividir o valor do IPVA.

Em 2022, o contribuinte conseguirá parcelar o imposto em até seis vezes, com pagamento de janeiro a junho. Antes o IPVA só podia ser pago em até três parcelas.

IPVA 2022 RS: descontos no parcelamento

Se os gaúchos que têm automóveis registrados no estado decidirem parcelar o imposto ainda em janeiro, há uma boa notícia: o governo autorizou descontos no valor a ser pago nos primeiros três meses do ano.

Publicidade

Publicidade

Neste caso, o desconto de janeiro é de 10% sobre o valor da parcela, de 6% na parcela de fevereiro e de 3% na de março. É importante ressaltar que o parcelamento do IPVA não gera juros, somente o pagamento em atraso leva a esse problema.

Como consultar o IPVA 2022 RS

Não sabe qual o valor do IPVA 2022 RS? Já dá para consultá-lo no site oficial do estado sobre o imposto. A seguir, apresentamos um passo a passo para lhe guiar nessa consulta:

  1. Acesse o site sobre o IPVA RS;
  2. Em “consultar”, selecione “consulta simplificada do IPVA”;
  3. Informe a placa e Renavam de seu automóvel;
  4. Marque a caixa de recaptcha, para autenticar seu acesso;
  5. Por fim, clique em “consultar” para concluir o serviço.

Pronto! A página será atualizada e trará informações sobre o IPVA 2022. Sendo assim, se não tiver o Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) em mãos não conseguirá realizar a consulta.

Mas, como obter o Renavam? Ele está no CRLV, o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, especificamente em seu canto superior.

Como emitir a 2ª via do boleto do IPVA RS?

Publicidade

Não tem o boleto do IPVA para pagamento do imposto? Dá para gerá-lo online de maneira prática e rápida, conforme passo a passo a seguir:

  1. Acesse o site do IPVA RS;
  2. Em “serviços”, clique em “emissão de GA IPVA em cobrança”;
  3. Portanto, preencha o formulário com dados pessoais e do veículo;
  4. Clique em “avançar”;
  5. Por fim, siga demais orientações do site e gere o boleto.

O que acontece se não pagar o IPVA?

O não pagamento do IPVA gera uma série de problemas para o proprietário do veículo. O imediato é o crescimento da dívida, uma vez que sobre o valor do imposto há incidência de juros e multa.

Também há a possibilidade de inscrição do débito na dívida ativa, o que levará à impossibilidade de utilizar alguns serviços públicos e de assumir cargos em órgãos públicos.

Além disso, não será possível realizar o licenciamento anual obrigatório. Por fim, não poderá circular com o veículo e ficará com o CRLV vencido.

Flavio CarvalhoGestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
Veja mais ›
Fechar