Quanto custa um Palio 2015 na Tabela Fipe? Veja o valor atualizado

Felipe Matozo

17/10/2023

Se você está considerando a compra de um carro usado e tem o Fiat Palio 2015 em mente, é crucial começar pesquisando o valor do veículo na Tabela Fipe.

De acordo com os dados mais recentes da Tabela Fipe, o Palio Fire 1.0 2015, na versão de quatro portas, tem um valor médio de R$ 31.531,00.

No entanto, é fundamental ter em mente que o preço pode variar dependendo de fatores como estado de conservação, quilometragem e acessórios adicionais. Além disso, vale considerar que a versão duas portas é mais barata.

Outras Versões do Fiat Palio 2015 na Tabela Fipe

Veja o preço de diferentes versões do Fiat Palio 2015 na Tabela Fipe.

Além da versão de quatro portas, o Fiat Palio Fire 2015 também está disponível na configuração de duas portas, que tem valor médio de R$ 28.566,00 na Tabela Fipe.

Por outro lado, se você procura por um modelo com maior potência, o Palio Essence 1.6 2015 está listado com um preço médio de R$ 38.523,00. Essas diferentes opções podem atender às necessidades e orçamentos diversos dos compradores.

Características Gerais

O Fiat Palio Fire 2015 é um hatch compacto popular no mercado brasileiro, que se destaca por sua versatilidade e economia de combustível. Seu design simples e funcional o torna uma escolha popular para quem busca um carro prático para o dia a dia.

Mecânica do Palio Fire 2015

Sob o capô, o Palio Fire 2015 é equipado com um motor Fire 1.0 de quatro cilindros em linha, capaz de entregar uma potência máxima de 75 cv com álcool e 73 cv com gasolina, a 6250 rpm.

O torque máximo é de 9,9 kgfm com álcool e 9,5 kgfm com gasolina, a 4500 rpm. Com tração dianteira e câmbio manual de 5 marchas, o Palio Fire 2015 oferece uma condução satisfatória para uso urbano.

Consumo de Combustível do Palio Fire 2015

Uma das principais vantagens do Palio Fire 2015 é sua eficiência no consumo de combustível. Na cidade, ele faz em média 8,7 km/l com álcool e 12,2 km/l com gasolina. Na estrada, esses números sobem para 10,4 km/l com álcool e 15,3 km/l com gasolina.

Com um tanque de 48 litros, o Palio Fire oferece uma boa autonomia tanto em ambientes urbanos quanto em viagens mais longas.

Itens de Segurança e Conforto

Por se tratar de um modelo mais básico, a lista de itens de série é pequena. Em termos de segurança, o Palio Fire 2015 oferece apenas freios ABS, faróis com refletores duplos e airbags frontais como itens de série.

Mas os itens opcionais incluem travamento central das portas, limpador e lavador do vidro traseiro e desembaçador do vidro traseiro.

Em relação ao conforto, a versão básica conta somente com ar-condicionado de uma zona e banco traseiro rebatível, enquanto recursos como ar-condicionado, ar quente, controle elétrico dos vidros dianteiros e direção assistida podem ser adicionados conforme a preferência do comprador.

Dimensões do Palio Fire

O Palio Fire 2015 tem dimensões compactas, com um comprimento de 3827 mm, distância entre-eixos de 2373 mm, porta-malas com capacidade para 290 litros e altura mínima do solo de 145 mm.

Apesar de compactas, essas características tornam o veículo ágil para manobras urbanas e proporcionam facilidade de estacionamento.

Afinal, Vale a pena comprar o Palio Fire 2015?

A resposta a essa pergunta depende das suas necessidades e preferências pessoais. O Fiat Palio Fire 2015 é uma opção interessante para quem busca um carro econômico e prático para uso diário.

Seu preço na Tabela Fipe o torna atraente para quem procura um veículo usado de boa relação custo-benefício.

No entanto, é importante considerar outras opções no mercado de carros usados que estão nesta mesma faixa de preço, como o Renault Clio 2016, comparar preços e avaliar as condições de cada veículo antes de tomar uma decisão final.

Lembre-se também de que a manutenção adequada e a procedência do carro também são fatores essenciais a serem levados em conta.

Você também pode gostar de ler
5 melhores carros até R$ 40 mil que merecem sua atenção

Felipe Matozo
Escrito por

Felipe Matozo

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.