Quem tem direito ao Auxílio Brasil e onde se cadastrar

Confira aqui No Detalhe tudo que você precisa saber sobre quem tem direito ao Auxílio Brasil e onde se cadastrar

Foi anunciado o novo auxílio do governo federal chamado Auxílio Brasil, que irá substituir o atual Bolsa Família, com a intenção de atender até 14,7 milhões de famílias carentes.

Quem tem direito ao Auxílio Brasil e onde se cadastrar
Fonte/Reprodução: original

O principal objetivo é aumentar o valor do benefício que já estava defasado e garantir segurança à população carente em relação à inflação. Oferecendo o valor de até R$ 400,00 reais para pessoas em extrema pobreza.

Publicidade

Publicidade

Quem tem direito ao benefício auxilio Brasil?

O valor tem como destino as pessoas em condição de pobreza ou extrema pobreza. Para ter direito ao benefício, os requisitos até agora divulgados são por classificação, na extrema pobreza esse valor será definido caso o ganho mensal da família seja de R$ 89,00 por pessoa, já pessoas em condições de pobreza poderá solicitar o auxílio caso tenham renda mensal entre R$ 89,00 a R$ 178,00 reais por membro.

A medida será implementada em três esferas do governo, contemplando pessoas que moram sozinhas, que constituem as famílias denominadas unipessoais e pessoas em situação de rua que vivem sozinhas ou mesmo em família.

A medida provisória ainda não está totalmente completa, tendo alguns reajustes ao longo do tempo, e será atualizado pelo governo assim que houver novos adendos. Podendo aumentar o número de beneficiários.

Publicidade

Publicidade

Como se cadastrar no programa?

O programa vai ser iniciado utilizando o mesmo cadastro do bolsa família e do Cadastro Único. Para se cadastrar no CADÚNICO o interessado deve procurar um CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) com os seguintes documentos: certidão de Nascimento, CPF, Carteira de Identidade, Certidão de Casamento e Título de Eleitor.

Por meio desse cadastro a família será incluída no programa automaticamente, após a validação dos documentos disponibilizados, sendo de caráter do governo analisar e validar se essa família ou indivíduo tem o direito ao benefício solicitado.

O valor será distribuído a partir do mês de novembro deste ano de 2021, no qual não teremos o auxílio emergencial. Esse valor de auxílio Brasil gera grande debate, já que de acordo com órgãos públicos as finanças do país não estão boas para implementação de um programa social desse porte que ultrapassa em muito o teto fiscal.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário