Entenda as regras para transferências noturnas por PIX

Entenda as regras estipuladas pelo Banco central para as transferências noturnas por PIX em todo o Brasil neste artigo do No Detalhe.

O Banco Central (BC) definiu no dia 4 de outubro de 2021 medidas cuja a intenção é a prevenção de ações como, crimes e fraudes estelionatárias usando o PIX. O novo método de pagamento tem sido usado frequentemente por criminosos.

O objetivo do Banco Central com limites restritivos, é proteger os dados dos usuários e garantir estabilidade no acesso às instituições financeiras cadastradas, para tanto, medidas protetivas foram pensadas visando reprimir futuros ataques.

Publicidade

Publicidade

Quais as principais mudanças na transferência por PIX

A maior novidade para os usuários é o valor das transferências que serão impostas pelas instituições bancárias, que passa a ser de R$ 1.000,00 para as transações feitas entre 20h e 6h. O limite que antes era livre, facilitava crimes como sequestro relâmpago, por exemplo. Tal dado foi constatado devido ao aumento considerável nesse tipo de crime desde a criação do PIX.

Entenda as regras para transferências noturnas por PIX

É importante frisar que as novas mudanças do PIX são válidas para transações entre pessoas físicas, incluindo os microempreendedores individuais (MEIs). As contas de pessoas jurídicas não sofreram alterações com essa mudança.

Como alterar o meu limite de transferências noturnas por PIX

O usuário pode pedir um reajuste no seu valor de transferências noturnas por PIX, caso o valor estipulado pelo Banco Central (BC) não atenda suas necessidades. É necessário entrar em contato com banco e aguardar o prazo de avaliação que é de 24h a 48h.

Publicidade

Publicidade

O Banco Central estipulou um dia do mês de outubro, 16/10,  para que os clientes se organizem e entrem em contato com suas agências para negociar a aprovação de um limite noturno maior que R$ 1.000,00.

Entenda como funciona o PIX

O PIX é uma nova técnica de transferência instantânea, criada em novembro de 2020 pelo Banco Central, para somar as transações bancárias DOC e TED, que demandam mais tempo. O usuário dispõe de diversos recursos gratuitamente e com amplo acesso em todos os dias da semana, 24h por dia.

Está previsto ainda para o mês de novembro de 2021 mais novidades em relação ao PIX. O objetivo do Banco Central é incentivar as instituições bancárias a aumentarem sua segurança de dados e mecanismos de pesquisa.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário