Aplicativo Poupatempo visa facilitar o acompanhamento de transferência veicular

Poupatempo Digital conta com recursos que devem facilitar ainda mais o processo de transferência de veículo pelo aplicativo em São Paulo.

O aplicativo Poupatempo Digital conta agora com mais um recurso para facilitar o processo de transferência de veículos em São Paulo pela internet.

O app que já podia ser usado para transferir a propriedade de veículos entre uma pessoa e outra, permitindo fazer a solicitação sem sair de casa, agora irá aproveitar informações da base de dados do Detran-SP para deixar o processo mais simples.

Publicidade

Publicidade

Agora, não será mais necessário preencher alguns campos de informação e, em alguns casos, enviar comprovante de residência. Após concluir o processo de transferência, o motorista ainda consegue acompanhar os trâmites pelo Poupatempo Digital, com acesso ao histórico de análise dos documentos e ao status do pedido.

Conheça o aplictivo que ajuda a acompanhar as transferências de veículos
Poupatempo Digital permite que motoristas façam transferências de veículos pela internet. Foto: Divulgação

Como funciona a transferência de veículo pelo Poupatempo?

Com o aplicativo Poupatempo Digital, os motoristas paulistas não precisam ir até um posto para solicitar a transferência de propriedade de veículo. Além do aplicativo e site do Poupatempo, a solicitação também pode ser feita pelo site do Detran-SP.

No caso do procedimento pelo aplicativo ou site do Poupatempo, os motoristas devem seguir os passos descritos abaixo:

Publicidade

Publicidade

  1. Acesse o site ou abra o aplicativo Poupatempo Digital;
  2. Após fazer login na plataforma, clique em “Serviços” e depois em “Registro e transferências”;
  3. Em seguida, selecione “Transferência do veículo” e “Transferência de propriedade”;
  4. Por fim, escolha a opção “Veículo do estado de São Paulo”.

Com os novos recursos do Poupatempo que reutilizam informações da base de dados do Detran-SP, não é mais necessário preencher alguns campos.

Se a comunicação de venda do veículo já constar com o o CPF do comprado, as indicação para placa, Renavam e endereço estarão preenchidas automaticamente. Caso o endereço esteja correto, nem o envio do comprovante de residência será necessário.

Além disso, a atualização também disponibiliza uma lista de documentos dinâmica, que permite que os itens sejam editados durante o processo de solicitação.

Entretanto, para que o procedimento dê certo é preciso que o veículo em questão cumpra os seguintes requisitos:

  • Tenha passado por vistoria há no máximo 60 dias;
  • Esteja com todos os débitos quitados e a taxa de transferência paga;
  • Não tenha restrição ou bloqueio que impeça a transferência;
  • E que tenha acontecido a comunicação de venda em cartório do estado de São Paulo.

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário