Auxílio Emergencial: Antecipação do calendário de saque! Veja o que mudou!

Nessa quinta-feira (15/4) a Caixa Econômica Federal anunciou que irá antecipar o saque da primeira parcela do novo auxílio emergencial.

A intenção inicial do banco era que o calendário de recebimentos fosse adiantado em até duas semanas, segundo Pedro Guimarães, presidente da Caixa. No entanto, essa previsão não será cumprida para boa parte dos beneficiários.

A mudança prevê que a liberação do saque seja feita entre os dias 30 de abril e 17 de maio, a depender da data de nascimento de quem irá receber. Inicialmente a instituição havia divulgado as datas entre 4 de maio e 4 de julho.

Até o momento apenas as datas de recebimento em dinheiro da primeira parcela sofreu alteração. Dessa forma, a mudança não afetou o restante do calendário de saques.

Além dos saques, a Caixa também anunciou que haverá antecipação de um dia no depósito em conta também da primeira parcela do benefício, para os nascidos em novembro e dezembro. No caso, os prazos que anteriormente estavam estipulados entre os dias 29 e 30 de abril, foram adiantados para 28 e 29 do mesmo mês.

Assim como no calendário de saques, essa mudança no primeiro depósito do novo auxílio emergencial para esses beneficiários também não alterou o restante das datas de crédito em conta, divulgadas anteriormente.

Veja também: INSS: aposentado que receber auxílio emergencial terá desconto na renda previdenciária

Novo calendário de saques da primeira parcela do novo auxílio emergencial

app auxílio emergencial

Com as alterações das datas que permitem o saque do primeiro montante do auxílio emergencial 2021, o calendário fica da seguinte forma:

  • 30 de abril – Nascidos em janeiro
  • 3 de maio – Nascidos em fevereiro
  • 4 de maio – Nascidos em março
  • 5 de maio – Nascidos em abril
  • 6 de maio – Nascidos em maio
  • 7 de maio – Nascidos em junho
  • 10 de maio – Nascidos em julho
  • 11 de maio – Nascidos agosto
  • 12 de maio – Nascidos em setembro
  • 13 de maio – Nascidos em outubro
  • 14 de maio – Nascidos em novembro
  • 17 de maio – Nascidos em dezembro

Beneficiários do Bolsa Família começam a receber o novo Auxílio Emergencial nessa sexta-feira

A partir dessa sexta-feira (16) os beneficiários do Bolsa Família começam a receber a primeira parcela do novo Auxílio Emergencial com valores de R$ 150,00 a R$ 375,00.

O calendário de recebimento da primeira parcela desse público vai até o dia 30 de abril.

Diferente dos trabalhadores que não recebem o Bolsa Família, para os usuários do programa as datas de depósito do auxílio dependem do dígito final do Número de Inscrição Social (NIS) do indivíduo e não da sua data de nascimento. Nessa sexta-feira, por exemplo, recebem as pessoas que tem o NIS encerrado em 1.

Ao todo, o Ministério da Cidadania estima que mais de 10 milhões de pessoas com direito ao Bolsa Família receberão o auxílio em abril. Desse total, mais de 50% são mulheres chefes de família com direito ao valor máximo do benefício emergencial.

Veja como fica o calendário completo de recebimentos da primeira parcela do Auxílio Emergencial para os beneficiários do Bolsa Família.

  • 16 de abril: NIS final 1
  • 19 de abril: NIS final 2
  • 20 de abril: NIS final 3
  • 22 de abril: NIS final 4
  • 23 de abril: NIS final 5
  • 26 de abril: NIS final 6
  • 27 de abril: NIS final 7
  • 28 de abril: NIS final 8
  • 29 de abril: NIS final 9
  • 30 de abril: NIS final 0

O calendário completo de todas as parcelas dos beneficiários do Bolsa Família você encontra nesse link.

Antecipação de saque podem ser feitas usando aplicativos de fintechs

Com o início dos saques convencionais das parcelas do auxílio previstos apenas para o final do mês de abril, muitas pessoas têm usado as fintechs para antecipar o acesso ao dinheiro.

A política adotada desde o ano passado pela Caixa Econômica para evitar filas e aglomerações nas agências por conta do auxílio emergencial, é a de liberar os saques do montante quase um mês após o depósito em conta. Nesse período, o usuário pode fazer o pagamento de boletos e contas, assim como compras com o cartão virtual, apenas utilizando o aplicativo Caixa Tem.

O problema dessa estratégia é que nem todos os usuários do conseguem utilizar essas funções do aplicativo. Sendo assim, são pessoas que necessitam do dinheiro em mãos para conseguir honrar com seus prazos.

Aplicativos como o PicPay, PagSeguro entre outros, foram as soluções encontradas por quem precisa antecipar o saque do montante do auxílio. Com eles o usuário consegue fazer um tipo de “transferência” da conta do Caixa Tem para a sua carteira digital, e em seguida direcionar o valor para uma agência bancária para realizar o saque.

Para saber quais os passos necessários para adiantar o saque do auxílio emergencial em cada um desses aplicativos, leia esse artigo.

Fonte: G1

Veja também: Auxílio Emergencial 2021: Benefício não causa tanto impacto no comércio

Aline Resende
Formada em Marketing e pós graduanda do curso de Língua Portuguesa e Literatura do Centro Educacional Uninter. Trabalha na área de comunicação como Social Media e Criadora de Conteúdo além de fazer trabalhos de atuação e locução para material publicitário.
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário